Miguel Oliveira: «Foi uma corrida atípica»

O Grande Prémio da Argentina foi autenticamente para esquecer para Miguel Oliveira. 18.º na qualificação, o piloto português terminou em 21.º, isto numa prova em que a determinado momento chegou a andar a "cheirar" os postos pontuáveis. Um erro seu, segundo o próprio, deitaria tudo a perder.

"Hoje foi uma corrida atípica. Começámos com o warm-up a chover e com o piso completamente molhado e estava contente com a mota e com as sensações recolhidas. Sabíamos que para a corrida quase de certeza que o piso ia secar e que teríamos de usar pneus slick. E assim foi", começou por analisar, à sua assessoria de imprensa.

"Um erro meu, a quatro voltas do fim, fez-me perder imensas posições no grupo onde estava a liderar e chegámos ao final da corrida um pouco desapontados. Foi uma pena não conseguir entrar nos pontos", lamentou.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Motociclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0