Portugal mantém sétimo lugar nos Seis Dias Internacionais de Enduro

Prova disputa-se ao longo desta semana no Chile

A seleção portuguesa de enduro manteve esta terça-feira o sétimo lugar após o segundo dos Seis Dias Internacionais de Enduro (ISDE), que se disputam ao longo desta semana em Viña del Mar, no Chile.

A equipa portuguesa de seniores, composta por Rui Gonçalves, Luís Oliveira, Gonçalo Reis e Diogo Ventura, terminou o segundo dia de competição com o tempo de 2:53.11,280 horas, ficando a 9.35,770 minutos dos primeiros classificados, que agora são os australianos, depois de hoje destronarem os norte-americanos. Portugal está agora a 45 segundos dos sextos classificados, os chilenos.

Rui Gonçalves voltou a ser o melhor dos representantes nacionais.

Hoje, os pilotos repetiram o percurso da véspera, com duas voltas de quase 144 quilómetros cada uma, com uma Cross Test (especial de motocrosse) e duas Enduro Test (especiais de enduro), para um total de seis troços cronometrados e quase sete horas e meia de prova.

Entre os juniores, registou-se a primeira baixa. Tomás Clemente foi forçado a abandonar e isso implica uma penalização diária de três horas para a equipa portuguesa, que manteve o 10.ºlugar entre as 11 participantes, apenas diante da Espanha, que perdeu um elemento no primeiro dia. Rodrigo Belchior e Gonçalo Sabrosa completaram o segundo dia, com 5:11.25,770 horas, estando já a 2:40.29,130 horas da equipa líder, a Itália.

Já a equipa feminina, com Bruna Antunes, Rita Vieira e Joana Gonçalves, manteve o sexto lugar conseguido na véspera, com o tempo de 2:24.58,410 horas, a 35.03,990 minutos da Austrália, que comanda esta categoria.

Para o terceiro dia de prova, que se disputa na quarta-feira, a organização preparou um percurso de 125 quilómetros, a ser percorrido por duas vezes, numa previsão total de 6:48 horas em competição.

Os ISDE, que são uma espécie de Jogos Olímpicos da modalidade, vão já na 93.ª edição. Portugal defende, este ano, o quarto lugar conquistado em 2017, na França.

No próximo ano, a cidade algarvia de Portimão vai acolher a competição, que pela terceira vez se realiza em Portugal, depois de Coimbra em 1999 e Figueira da Foz em 2009.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Motociclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas