KTM é a primeira equipa de MotoGP a regressar ao trabalho

Para dois dias de testes no circuito austríaco Red Bull Ring

A KTM, construtora austríaca de motas pela qual corre o português Miguel Oliveira no Mundial de MotoGP, foi esta quarta-feira a primeira a regressar ao trabalho para dois dias de testes no circuito austríaco Red Bull Ring.

Para já apenas os espanhóis Pol Espargaró (um dos pilotos da equipa oficial) e Dani Pedrosa (piloto de testes) estarão em pista, ao abrigo do regulamento que possibilita às equipas em desenvolvimento, como KTM e Aprilia, realizarem mais ensaios que os construtores tradicionais (Honda, Yamaha, Ducati e Suzuki).

Para já ainda não há uma data para o início do campeonato depois do adiamento das primeiras quatro jornadas previstas.

A Dorna, empresa promotora do Mundial, solicitou autorização ao governo espanhol para realizar duas corridas no circuito andaluz de Jerez de la Frontera, à porta fechada, nos dias 19 e 26 de julho, mas ainda não obteve resposta.

Por Lusa
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0