Andrea Iannone: «A minha vida mudou de um dia para o outro»

Piloto está fora da competição há quase um ano

• Foto: Instagram Andrea Lanonne

A um dia de ser conhecida a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), relativa ao recurso interposto pelo piloto e pela Aprilia, Andrea Iannone confessou que o tempo fora da competição não tem sido fácil admitindo sentir-se "sequestrado" e como se lhe tivessem roubado a vida.

"Esta quinta-feira será o dia mais importante da minha vida, nunca esperei esta situação. Estou a sofrer mas ao mesmo tempo estou mais maduro e consciente. Aprendi que na vida tudo é imprevisível e difícil de calcular. Hoje em dia quando ouço as pessoas a reclamarem de coisas inúteis, digo-lhes que aprendam a valorizar aquilo que têm. A minha vida mudou de um dia para o outro e fiquei proibido de fazer o que sempre fiz, não por escolha própria e não o desejo a ninguém", referiu.

O piloto italiano foi suspenso por 18 meses a 31 de março devido à existência de uma substância dopante no organismo, um esteróide anabolizante proibido pela Agência Mundial Antidoping (WADA) e pela Federação Internacional de Motociclismo (FIM), num teste realizado após o Grande Prémio da Malásia, em Sepang, a 3 de novembro de 2019. Desde então que tem lutado para defender a sua inocência e regressar às pistas o mais rápido possível.

Por Record
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.