Brad Binder prolonga contrato com a KTM até 2024

Piloto sul-africano mostrou-se "contente com contrato que levará a 10 anos de união"

• Foto: EPA

O sul-africano Brad Binder, primeiro vencedor de uma corrida de MotoGP pela KTM, renovou o contrato com o fabricante austríaco por três anos, até 2024, anunciou esta terça-feira a equipa que conta com o português Miguel Oliveira.

Brad Binder, de 25 anos, ocupa o oitavo lugar do campeonato, com 35 pontos, menos 70 do que o líder, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), e mais seis do que Oliveira.

"Estou super, supercontente por ter assinado um novo contrato por mais três temporadas, o que nos levará a 10 anos de união", afirmou Binder, citado pela KTM.

O sul-africano integra a estrutura da KTM desde as corridas para os mais jovens, Red Bull MotoGP Rookies Cup, tendo vencido o Mundial de Moto3 em 2016. Em Moto2, terminou em terceiro no campeonato de 2018, atrás do vice-campeão Miguel Oliveira, e foi segundo em 2019.

Em 2020, quando foi eleito o melhor estreante, levou a KTM pela primeira vez à vitória na categoria rainha do motociclismo de velocidade, em Brno, na República Checa, em 9 de agosto, duas semanas antes de Oliveira vencer na Estíria, na Áustria. O português voltaria a subir ao mais alto lugar do pódio em Portimão, em 22 de novembro.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias