Diretor da KTM rendido a Miguel Oliveira: «Não vi muitos arranques como aquele em MotoGP»

Mike Leitner elogia o começo do piloto português no GP de Doha e lamenta os problemas técnicos

A carregar o vídeo ...
O arranque fenomenal de Miguel Oliveira no GP de Doha: subiu nove lugares em segundos

Mike Leitner, diretor de competição da KTM, ficou satisfeito com as prestações dos dois pilotos da equipa, Brad Binder (8.º) e Miguel Oliveira (15.º), no Grande Prémio de Doha, a segunda prova do calendário de MotoGP. No caso do português, lamentou os problemas técnicos que afetaram o seu rendimento, depois de um começo fantástico em que saltou de 12.º para terceiro em poucos segundos.

"Podemos estar satisfeitos com os dois pilotos a pontuarem. Brad 'rodou' muito bem e ficou a apenas cinco segundos do vencedor. Já o Miguel teve um ligeiro problema técnico com o seu monitor, o que foi difícil aceitar pois ele podia ter tido uma grande corrida depois daquele arranque. Não vi muitos arranques como aquele no MotoGP e isso indica que ele tem potencial", referiu o austríaco ao site oficial da equipa.

Recorde-se que Miguel Oliveira revelou este domingo ter ficado limitado com uma avaria no mostrador de informação da KTM durante a prova, deixando de ter acesso a informações "como os mapas de motor, a temperatura dos pneus ou o momento de trocar de velocidades."

Por Record
7
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias