Miguel Oliveira arranca do 15.º lugar no GP da Riviera de Rimini

Maverick Viñales parte da pole position

• Foto: Reuters

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) vai partir no domingo do 15.º lugar da grelha para o Grande Prémio da Emília Romana e Riviera de Rimini, sétima prova da temporada de MotoGP, depois de este sábado ter caído duas vezes.

Miguel Oliveira fez hoje a sua melhor volta em 1.31,841 minutos, tendo melhorado cerca de meio segundo face ao registo da semana passada neste mesmo circuito, onde se disputou o GP da São Marino, e que lhe valeu, na altura, o 12.º lugar da grelha.

O piloto luso sofreu hoje duas quedas durante a terceira sessão de treinos livres, que apurou os 10 melhores para a segunda fase da qualificação (Q2), tendo mesmo de passar pelo centro médico do circuito de Misano, "para despistar eventuais lesões", explicou a responsável de comunicação da equipa Tech3, Mathilde Poncharal, à Lusa.

Miguel Oliveira apresentava queixas no ombro direito, mas "após os exames, não revelou lesões, pelo que o piloto está bem", confirmou a mesma fonte.

As quedas, na curva 15 do circuito italiano, impediram o piloto português de melhorar o seu registo e ir além do 16.º lugar da sessão, o que o obrigou a participar na primeira fase da qualificação (Q1).

Oliveira chegou a liderar esta fase eliminatória, da qual seriam apurados os dois mais rápidos para a Q2, mas acabaria por baixar ao quinto lugar final, que corresponde ao 15.º posto da grelha de partida, a 764 milésimos de segundo do autor da 'pole position', o espanhol Maverick Viñales (Yamaha), que bateu o australiano Jack Miller (Ducati) e o francês Fabio Quartararo (Yamaha).

Por Lusa
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.