Miguel Oliveira em 11.º nos testes em Jérez

Regresso da ação com boas indicações do piloto de Almada

No regresso oficial às pistas depois da longa paragem devido à Covid-19, Miguel Oliveira registou esta quarta-feira o 11.º melhor tempo no conjunto das duas sessões de testes para o arranque do campeonato de MotoGP realizados no traçado espanhol de Jérez.

Num dia marcado pelo intenso calor que se fez sentir, com temperaturas bem acima dos 30º C, o piloto natural de Almada registou o seu melhor tempo na primeira sessão, ao rodar em 1:38:426 minutos, conseguindo acabar o dia como o melhor KTM - à frente inclusive dos pilotos da formação de fábrica.

Na segunda sessão do dia, Oliveira foi apenas 18.º, com o melhor tempo fixado em 1:39:364 minutos, mas isto numa sessão que acabou encurtada pela exibição da bandeira preta, devido a uma falha de energia e também pelo facto de ter sido derramado óleo na pista.

No que aos mais rápidos diz respeito, Maverick Vinales fechou o dia como o piloto em evidência, ao ser um dos três pilotos a conseguir rodar na casa dos 1:37. O espanhol da Yamaha cravou o cronómetro em 1:37:793, à frente de Fabio Quartararo (1:37:911) e Marc Marquez (1:37:941).

No que aos outros piloto do pelotão da frente diz respeito, Valentino Rossi foi quinto (1:38:222), ao passo que o italiano Andrea Dovizioso se ficou pelo 15.º posto (1:39:201), claramente ainda prejudicado pela recente operação de que foi alvo. Ainda assim, a maior nota de destaque pela negativa vai para Alex Marquez, que foi apenas 20.º, ao levar a sua Honda a um melhor registo de 1:39:151 minutos.
Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de MotoGP

Notícias