Patrão da KTM responde a Miguel Oliveira: «Ele disse-nos que queria ficar onde estava»

Mike Leitner explica que a equipa ofereceu o lugar de Johann Zarco e que o português recusou

Miguel Oliveira mostrou-se esta quinta-feira agastado com o facto de a KTM ter promovido Brad Binder do Moto2 à equipa principal na próxima temporada, deixando o português na Red Bull KTM Tech3, mas o patrão da KTM, numa entrevista ao site do MotoGP, garante que Miguel disse durante esta época que não queria ocupar o lugar de Johann Zarco.

"Para nós foi complicado quando o Johann [Zarco] quis quebrar o contrato a meio da época", disse Mike Leitner, referido-se à saída do francês, que fazia dupla com Pol Espargaró na equipa principal da KTM. "Fomos empurrados para esta situação e o primeiro piloto a quem pedimos para substituir o Johann foi o Miguel."

Leitner deixou ainda uma certeza: "O Miguel teve a oportunidade de se assumir, de mudar de lugar, e a sua resposta foi clara, ele disse que preferia ficar onde estava, com o seu chefe de equipa. Era feliz lá."

O chefe da Red Bull KTM Tech3 corroborou as palavras de Mike Leitner. "Segundo me disseram, porque eu não estive lá, em Misano a KTM, representada pelo Mike Leitner e pelo Pit Beirer, teve uma reunião com o Miguel Oliveira e perguntaram-lhe: 'no caso de precisarmos de alguém para substituir o Johann Zarco, estás disponível?' Depois disseram-me que o Miguel teria dito que se tivesse os mesmos meios técnicos, que preferia ficar na Tech3", contou, por sua vez, Hervé Poncharal.

O mesmo responsável acrescentou: "Foi uma escolha dele. A KTM já disse que no próximo ano toda a gente vai ter os mesmos meios, com a mesma evolução e as mesmas especificações. Por isso acaba por ser mais uma questão de ambiente do que outra coisa. O Miguel sente-se bem na Tech3. Ele tem muita confiança com o Guy Coulon (o seu chefe de equipa), por isso para mim foi uma decisão clara. Mas acreditem em mim, a Red Bull KTM está a 200 por cento com o Miguel. Eles gostam e confiam nele. Está com eles desde o Moto3, esteve no Moto2 e não há motivos para que façam alguma coisa que possa ferir a carreira do Miguel." 

Recorde-se que a equipa principal da KTM vai integrar, em 2020, Pol Espargaró e Brad Binder, e que a Red Bull KTM Tech3 terá Miguel Oliveira e Iker Lecuona.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.