Pol Espargaró diz adeus à KTM: «Foi um ano incrível para a equipa»

Piloto espanhol enaltece os seus resultados e 'esquece' a vitória de Miguel Oliveira

Melhor elemento da KTM no Mundial de pilotos, com um quinto posto, Pol Espargaró despede-se da marca austríaca sem a vitória que tanto desejava, mas nem isso lhe tirou um discurso de satisfação por aquilo que conseguiu este ano. No mesmo dia em que Miguel Oliveira deu à marca austríaca a segunda de três vitórias, o espanhol destacou os seus resultados, o facto de a KTM ter vencido três provas (sem nunca citar o piloto nacional) e assumiu-se até triste por partir nesta altura.

"Não foi uma das minhas melhores corridas, mas esquecendo isso temos de estar contentes com o resultado final da época. Se uma fábrica termina em quinto no campeonato de pilotos ao seu quarto ano de MotoGP, empatado com o quarto, que foi o Dovizioso, e só te derrotam as máquinas de fábrica da Suzuki, Yamaha e Ducati, deixando para trás todas as Honda... E se, além disso, consegues três vitórias no MotoGP, os meus cinco pódios, então realmente podemos falar de um ano incrível para toda a equipa da KTM", disse o espanhol.

De partida para a Honda oficial, Espargaró assumiu ter pena de sair nesta fase. "Sinto-me muito orgulhoso quando penso naquilo que alcançámos na KTM nestes quatro anos. É bastante triste ter de dizer 'adeus' agora. Mas se há uma boa forma de dizer adeus é com este quinto posto na geral, porque é o meu melhor resultado no Mundial até agora", concluiu.

Por Fábio Lima
6
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.