Mais um furo e já sem pneus suplentes: Sébastien Ogier forçado a abandonar

Em Góis pôde trocar de pneu, mas em Arganil já não havia forma de solucionar o problema

• Foto: Luís Vieira / Movephoto
Depois do acidente de Sébastien Loeb que o forçou a sair de cena do Rali de Portugal, na segunda passagem por Lousã, agora é Sébastien Ogier da ter de desistir também, pelo menos por hoje.

O francês da Toyota foi um dos pilotos a furar em Góis 2. Aí saiu do Toyota Yaris para trocar de pneu, mas voltou a ter o azar de furar em Arganil 2 e aí já não havia mais pneus suplentes, já que o campeão em título tinha levado 5 pneus para as especiais da tarde, enquanto outros adversários (Neuville, Tänak, Greensmith e Rovanperä) apostaram em seis, o que lhes permite ter dois suplentes. Daí que o estónio e o britânico tenham furado e prosseguido com a prova, apesar do tempo perdido.

Na frente da classificação geral, e após Arganil 2, Elfyn Evans viu aumentar a vantagem sobre o 2.º posicionado, Thierry Neuville, mas Kalle Rovanperä aproximou-se no 3.º posto. Dani Sordo ascendeu à 5.ª posição.
Entre os portugueses, nota para o abandono de Bruno Magalhães, devido a uma janta e amortecedor partidos. E já não voltará amanhã, segundo o próprio explicou à Antena1. Pedro Meireles, Pedro Almeida e Vítor Calisto também já desistiram.

Classificação geral após Arganil 2:

1.º E. Evans, Toyota, 1:11.00,5 minutos
2.º T. Neuville, Hyundai, +7,0 segundos
3.º K. Rovanperä, Toyota, +14,1 s
4.º P. Loubet, M-Sport Ford, +34,9 s
5.º D. Sordo, Hyundai, +36,1 s
Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ralis

Notícias

Notícias Mais Vistas