Ogier e Neuville em luta cerrada pela vitória no Rali de Monte Carlo

Francês com a liderança presa por apenas 4,3 segundos

• Foto: Getty Images

O piloto francês Sébastien Ogier (Citroën) terminou este sábado o penúltimo dia do Rali de Monte Carlo, primeira prova do Mundial de 2019, com a liderança presa por apenas 4,3 segundos para o belga Thierry Neuville (Hyundai).

A etapa até foi dominada pelo estónio Ott Tanak (Toyota), que venceu as quatro especiais disputadas hoje, com um total de 93 quilómetros cronometrados, mas que está na quinta posição, a 2.16 minutos do líder, depois de ter pedido 2.30 minutos na sexta-feira devido a uma jante partida.

Ogier e Neuville mantêm um ritmo à parte da concorrência, que vai ficando pelo caminho: o galês Elfyn Evans (Ford) despistou-se na penúltima classificativa do dia, mas sem consequências físicas para piloto e navegador.

Logo no primeiro dos quatro troços do dia, tinha sido o norueguês Andreas Mikkelsen a ficar pelo caminho, ao acertar com a traseira do seu Hyundai numa árvore na berma da estrada.

Aproveitou o francês Sébastien Loeb (Hyundai) para saltar para o terceiro posto, após um intenso duelo ao longo da jornada de hoje com o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota).

"Tivemos uma grande batalha com o [Jari-Matti] Latvala. Vou dar tudo para terminar no pódio", disse o piloto da Alsácia, que este ano regressa ao Campeonato do Mundo para realizar seis das 14 provas previstas.

Indiferentes a tudo isso, Ogier e Neuville mantiveram um duelo à parte. O francês da Citroën começou o dia com 5,6 segundos de vantagem sobre o belga da Hyundai, que chegou a estar a 4,1 segundos do líder, mas na derradeira especial acabaram separados por 0,2 segundos, com vantagem para Ogier, que acabou com 4,3 segundos de avanço, prometendo um duelo aberto para domingo.

"Tenho que ser cuidadoso. O Sébastien Ogier é desta zona e conhece as estradas e, por isso, tenho de ter cuidado", explicou Neuville.

Quanto ao francês, hexacampeão mundial, espera "melhores condições" no domingo: "Vai ser um final intenso. O Thierry [Neuville] não vai desistir. Ambos queremos chegar ao fim, mas também queremos vencer", sublinhou.

No domingo disputam-se os últimos quatro troços, com 63,98 quilómetros cronometrados.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ralis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.