Desentendimento em plena etapa do Dakar deixa copiloto no meio do deserto

Xavier Blanco acusa Ricardo Ramilo de o ter abandonado e teve de ser resgatado pelo chefe da equipa

A história do Dakar é rica em episódios insólitos mas o que sucedeu esta quinta-feira tem contornos... inacreditáveis. O espanhol Xavier Blanco, co-piloto de Ricardo Ramilo, acusa o compatriota de o ter abandonado em pleno deserto, numa edição em que ambos se estreavam na mítica prova de todo-o-terreno.  

Tudo aconteceu ao quilómetro 170 da 11.ª e penúltima etapa do Dakar. O ambiente entre a dupla dos SSV (Side by Side ou veículo ligeiro) já era tenso nos últimos dias mas hoje, após mais uma discussão, Xavier Blanco terá pedido a Ramilo parar o buggy e este respondeu "sai e ficas aí", como conta Xavier Blanco, à 'Marca'. 

"Deixou-me lá e a sua atitude fala por si. Não é um piloto, é um personagem", atirou Blanco, que ficou sozinho no deserto com uma mochila na qual tinha apenas passaporte, telemóvel e telefone por satélite. O co-piloto não teve outro remédio a não ser pedir ao staff da equipa que o resgatasse. "Ligou-nos, deu-nos a localização e eu e outro mecânico fomos buscá-lo e regressámos ao acampamento. Ele quis sair porque estava em perigo", esclareceu Eudald Noe, chefe da equipa Buggy Masters-Rodamoto.

Ricardo Ramilo seguiu caminho sozinho e, no final da etapa, a equipa optou por abandonar a prova que estava a ser bastante atribulada, depois de três furos e uma correia de transmissão partida. 

Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Dakar

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.