Mário Patrão caiu e abandonou a prova na sexta etapa

Português caiu pouco depois do primeiro controlo de passagem

• Foto: Reuters

O português Mário Patrão (KTM) abandonou este domingo o Dakar, na sequência de uma queda sofrida na sexta etapa do rali todo-o-terreno, que ligou Arequipa a San Juan de Marcona, com 838 quilómetros, 317 deles cronometrados.

Na etapa mais longa da 41.ª edição da prova, o piloto de Seia caiu pouco depois do primeiro controlo de passagem, numa zona de pedras, quando seguia no meio do pó de outros pilotos.

Mário Patrão ainda tentou continuar mas as dores nas costas e no pescoço forçaram à paragem. Depois de assistido pelos médicos da prova, está a ser transportado para o hospital central de Lima, revelou a sua assessoria de imprensa à agência Lusa.

O piloto da KTM é o segundo português a abandonar na sequência de uma queda, depois de Paulo Gonçalves (Honda) ter sofrido um traumatismo craniano na quinta etapa, na sexta-feira.

Hugo Lopes abandonou na quarta etapa com uma avaria no motor da sua KTM.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Dakar

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.