Piloto português Paulo Gonçalves morre no Dakar

Piloto português tinha 40 anos

Paulo Gonçalves morreu num acidente durante a participação na 7.ª etapa do Rally Dakar este domingo, aos 40 anos. A morte do piloto de motos português foi confirmada pelos organizadores da competição.

Gonçalves sofreu o acidente fatal no quilómetro 276 da especial que decorria hoje na prova que se realiza na Arábia Saudita. Segundo o comunicado da organização, o piloto já estava inconsciente quando os médicos chegaram, tendo sido levado de helicóptero para o hospital, onde a morte foi confirmada.

De acordo com a informação da Amaury Sport Organization (ASO), o alerta foi dado às 10h08 horas locais, menos três em Lisboa. Foi enviado de imediato um helicóptero que chegou junto do piloto às 10h16, tendo encontrado Paulo Gonçalves inconsciente e em paragem cardio-respiratória. "Depois de várias tentativas de reanimação no local, o piloto foi helitransportado para o hospital de Layla, onde foi confirmada a morte", lê-se.

O piloto português participava pela 13.ª participação na mítica prova de todo-o-terreno e ocupava o 46.º lugar da geral ao fim de seis etapas. Fez a sua estreia no Dakar em 2006, tendo terminado quatro vezes no top 10 - foi segundo classificado da edição de 2015. Em 2013, conquistou o título mundial de motociclismo em todo-o-terreno.

À família enlutada, Record endereça as mais sentidas condolências.

Relacionadas






Paulo Gonçalves, uma vida dedicada ao todo-o-terreno

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Dakar

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.