Ricky Brabec dá vitória no Dakar à Honda de Ruben Faria nas motos

Domínio de pilotos da KTM que vinha desde 2001 interrompido

• Foto: Reuters

O norte-americano Ricky Brabec (Honda) conquistou esta sexta-feira pela primeira vez a vitória nas motos no Rali Dakar de todo-o-terreno, interrompendo um domínio de pilotos da KTM que vinha desde 2001.

Brabec, que venceu duas das 12 etapas da 42.ª edição, que hoje terminou em Qiddiya, na Arábia Saudita, foi segundo classificado na especial de hoje, a 53 segundos do chileno Jose Ignacio Cornejo (Honda), resultado suficiente para garantir a vitória final.

O piloto da equipa Honda, gerida pelos portugueses Ruben Faria e Hélder Rodrigues, gastou 40:02.36 horas para cumprir os cerca de cinco mil quilómetros cronometrados em 12 etapas, deixando o chileno Pablo Quintanilla (Husqvarna), segundo, a 16.26 minutos de distância.

O australiano Toby Price (KTM) foi o terceiro, a 24.06 minutos do vencedor, garantindo um pódio para a KTM, que não perdia desde a vitória do francês Richard Sainct, com a BMW, em 2000.

Esta é a sexta vitória da Honda na prova, primeira de um norte-americano, e a primeira desde 1989, há 31 anos.

Os franceses Ciryl Neveu (1982, 1986, 1987), Edi Orioli (1988) e Gilles Lalay (1989) foram os anteriores vencedores com a marca da asa dourada.

A Honda esteve afastada da competição 23 anos, regressando em 2013 com pilotos como Paulo Gonçalves e Hélder Rodrigues. Desde esse ano, conseguiu chegar por duas vezes à segunda posição, pelo malogrado Paulo Gonçalves (2015) e o argentino Kevin Benavides (2018).

A edição de 2020 ficou marcada pelo acidente mortal que vitimou o piloto português Paulo Gonçalves na sétima etapa.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Dakar

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.