Africa Eco Race: Elisabete Jacinto virtualmente no pódio

Última etapa é apenas para consagração

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto assegurou este sábado o terceiro lugar da classificação geral na categoria de camiões, no final da 11.ª e penúltima etapa da Africa Eco Race, prova todo-o-terreno que termina domingo no Senegal.

Elisabete Jacinto (MAN) deverá, assim, terminar a prova no último lugar do pódio, uma vez que a etapa de domingo, de apenas 24 quilómetros, junto ao lago Rosa, em Dakar, servirá apenas para a consagração dos vencedores.

A piloto portuguesa cumpriu os 208 quilómetros cronometrados da etapa que ligou Akjoujt, na Mauritânia, a Saint Louis, no Senegal em 1:54.37 horas, terminando na 14.ª posição da classificação conjunta auto/camião, na qual o mais rápido foi o francês Mathieu Serrador (1:26.49).

Na geral de camiões, liderada pelo russo Anton Shibalov, com 47:22.01 horas, a piloto portuguesa manteve a terceira posição (50:59:34).

Caso não haja surpresas desagradáveis na 12.ª e derradeira etapa, Elisabete Jacinto, conquistará o seu quinto pódio na prova africana, na qual foi segunda em 2011 e 2012 e terceira em 2013 e 2014. No ano passado, a piloto portuguesa terminou no quarto posto.

No final da etapa de hoje, Elisabete Jacinto mostrou-se satisfeita com o resultado na etapa, durante a qual "as pistas eram rápidas e as dunas não eram aterradoras como nos dias anteriores", e mostrou-se bastante satisfeita com o facto de estar perto de voltar a subir ao pódio. "Estamos muito perto de cumprir o nosso objetivo. Falta apenas a especial de amanhã (domingo) para subirmos ao pódio dos camiões deste Africa Race. Foi, sem dúvida, um rali duro e difícil, mas sentimos que demos o nosso melhor principalmente na Mauritânia. Estamos satisfeitos com este resultado", disse, em declarações à sua assessoria de imprensa.

Ricardo Leal dos Santos (Nissan), que na terça-feira comprometeu as aspirações à luta por lugares cimeiros nos automóveis, depois de uma etapa repleta de problemas mecânicos, terminou hoje em sétimo entre os automóveis, sendo agora 15.º da geral (12.º entre os automóveis), a mais de 15 horas do líder, o cazaque Kanat Shaginov.

Em motos, José Fernando Sousa Jr. e José Fernando Sousa, ambos em KTM, terminaram hoje no sétimo e no nono lugar, respetivamente.

Na classificação geral, José Fernando Sousa mantém-se em sétimo, a mais de oito horas do líder, o norueguês Pal Anders Ullevalseter (KTM), enquanto José Fernando Sousa Jr. está um lugar abaixo.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Todo-o-Terreno

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.