Elisabete Jacinto termina África Eco Race com volta de consagração em torno do Lago Rosa

Portuguesa venceu a prova na categoria dos camiões

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto, em MAN, que no sábado assegurou a primeira vitória na prova de todo-o-terreno África Eco Race, fechou hoje a competição com a volta de consagração em torno do Lago Rosa, no Senegal.

"Tivemos imensos portugueses aqui à chegada que nos fizeram uma festa imensa com direito a champanhe e tudo. Estamos muito felizes com o que fizemos nesta prova. Recebemos um troféu enorme e pesado e não cabemos em nós com tanto orgulho. Foram 16 anos de trabalho para chegarmos a este dia", destacou Elisabete Jacinto, em comunicado.

Este domingo, cumpriu-se a 12.ª e última etapa do África Eco Race, mas os 22 quilómetros cronometrados cumpridos em torno das margens do Lago Rosa, em Dakar, já não entravam na classificação final, tendo a equipa portuguesa sido o quarto camião mais rápido do dia.

"Foi um dia histórico para o desporto motorizado internacional pois é a primeira vez que uma mulher vence uma longa maratona de todo-o-terreno ao volante de um camião. A alemã Jutta Kleinshmidt foi pioneira entre os automóveis, ao vencer em 2001 o Paris Dakar aos comandos de um Mitsubishi. Agora Elisabete Jacinto torna-se percursora nos camiões", destacou em comunicado a assessoria de imprensa da piloto.

A piloto portuguesa tem no seu historial vários triunfos entre os T4 (camiões) nas mais diversas provas africanas (Rali de Marrocos e Rali da Tunísia), mas nesta longa maratona de todo-o-terreno, uma das maiores da atualidade, a sua melhor classificação tinha sido até agora o segundo lugar da classe que alcançou em dois anos consecutivos, 2011 e 2012.

O trio português, composto por Elisabete Jacinto, José Marques e Marco Cochinho, acrescentou ao seu currículo o sexto pódio alcançado nesta grande competição, em 10 participações.

"Elisabete Jacinto alimentava há já vários anos o objetivo de vencer o Africa Eco Race, já que na sua carreira já tinha triunfos em importantes corridas internacionais como o Rali de Marrocos ou o Rali da Tunísia. Em 2000, quando ainda competia de mota, venceu também a taça das senhoras no rali Dakar Cairo, feito que repetiria em 2001", lê-se no comunicado.

Nesta edição do África Eco Race, a equipa portuguesa alcançou também o seu melhor resultado de sempre na classificação conjunta com os automóveis ao conquistar o quinto lugar da geral.

A 11.ª edição do África Eco Race coroou o francês Jean Pierre Strugo com o primeiro lugar da classificação geral nos automóveis e o italiano Alessandro Botturi venceu nas motas.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Todo-o-Terreno

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.