Joan Barreda perto da KTM

Era um dos principais favoritos à conquista da classificação das duas rodas no Dak

• Foto: Epa

Era um dos principais favoritos à conquista da classificação das duas rodas no Dakar mas, tal como em 2014 e 2015, a edição de 2016 terminou em desilusão para Joan Barreda. Na Honda há três temporadas, onde é colega de equipa de Paulo Gonçalves, o espanhol voltou para casa com a segunda desistência consecutiva devido a problemas mecânicos – em 2014 foi 7º depois de andar muito tempo em 2º – não sem antes ter iniciado conversações com a KTM. A notícia é avançada pelo diário espanhol ‘Marca’, que refere que Barreda estará farto dos constantes problemas da Honda e que pretende fazer parte do projeto da KTM, que vence o Dakar há 15 anos consecutivos.

O problema prende-se com o contrato de Barreda: no verão o espanhol assinou até 2018 pela marca nipónica. Mas a Honda também não está propriamente satisfeita com o piloto: acredita que Barreda podia ter continuado em prova para ajudar Gonçalves, mas o espanhol optou por desistir.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Todo-o-Terreno

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.