Drama por Manuel: nadador italiano já identificou quem o baleou por engano e o deixou paralisado

Poucos dias depois da trágica notícia, conhecem-se agora mais detalhes

• Foto: DR
Poucos dias depois da trágica notícia que assombrou o desporto italiano, sabem-se agora mais detalhes sobre os acontecimentos que deixaram Manuel Bortuzzo, jovem promessa da natação italiana, de 19 anos, paralisado após ter sido baleado em Roma na madrugada do último sábado, alegadamente por engano. Manuel sofreu um corte na espinal medula e não consegue mexer as pernas.

O nadador já identificou os autores dos três disparos, tratando-se de Lorenzo Marinelli (24 anos) e Daniel Bazzano (25) que, agora, arriscam uma pena de 7 a 20 anos de prisão, por tentativa de homicídio agravado premeditado. Segundo a imprensa italiana, a dupla de agressores terá confundido Manuel Bortozzo com uma outra pessoa que provocou desacatos num bar. "Foi um erro trágico. Estamos destruídos", terão dito os detidos no interrogatório em lágrimas.

O pai de Manuel contou mais pormenores sobre o filho. "Quando acordou contámos sobre a paralisia e ele não chorou. Disse para não desistirmos de encontrar uma forma de ele voltar a andar, e vai voltar! A partir de agora a sua família é Itália, ele é filho de Itália", disse o emocionado pai. Na altura do crime, a namorada Martina (16 anos) não foi atingida por milagre e, agora, tem medo de retaliação por ser testemunha do crime.
Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Natação

Notícias

Notícias Mais Vistas