Federação Portuguesa de Natação adota normas de integridade desportiva da SIGA

Para promover maior integridade, transparência e responsabilidade no desporto

• Foto: Federação Portuguesa de Natação
A Federação Portuguesa de Natação (FPN) vai adotar já este ano as normas universais de integridade desportiva da SIGA - Sport Integrity Global Alliance, anunciou esta sexta-feira a estrutura federativa.


"O acordo visa promover maior integridade, transparência e responsabilidade no desporto, e estabelece objetivos claros entre as partes, bem como áreas de cooperação e assuntos de interesse comum", informou a FPN.

Neste campo, destaca-se a promoção dos valores positivos do desporto como a solidariedade, o respeito, a tolerância, o 'fair-play', a confiança, a ética e a honestidade. De igual modo, sensibilizar a comunidade para o papel social, educativo, cultural e económico do desporto, bem como contribuir para alcançar a integridade e a justiça no seu seio.

Reforçar a integridade, transparência e responsabilização é outro dos objetivos, tal como o de promover e reforçar a participação dos jovens no desporto, enquanto trabalhadores, atletas, voluntários, dirigentes ou em outras funções.

A FPN, a primeira em Portugal a aderir à SIGA, vai ainda fomentar a adoção das melhores práticas de desenvolvimento e proteção de crianças e jovens no e através do desporto, contribuindo ainda para promover estilos de vida saudáveis e positivos, prevenindo comportamentos antiéticos e desviantes e fatores de risco.

Finalmente, a FPN vai apoiar o desenvolvimento de iniciativas de liderança de pensamento do SIGA para reformar o desporto, incluindo a implementação dos padrões universais SIGA sobre integridade desportiva e o Sistema Independente de Avaliação e Verificação SIGA (SIRVS).

"A FPN apoia os esforços da SIGA para levar o desporto a uma nova era de integridade e estamos totalmente comprometidos com seus Padrões Universais de Integridade Desportiva, pelo que queremos dar o exemplo a nível nacional e internacionalmente", justifica António José Silva, presidente do organismo.

Já o diretor executivo da SIGA, Emanuel Macedo de Medeiros, elogiou a adesão da FPN aos seus valores, seguindo-se, em Portugal, ao compromisso já assumido pelo governo regional dos Açores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Natação

Notícias

Notícias Mais Vistas