Jogos do Mediterrâneo: Confiança em Tarragona

Diretor Técnico José Machado faz a antevisão à competição

• Foto: Pedro Simões

A Seleção Nacional viaja esta quinta-feira para os Jogos do Mediterrâneo em Tarragona com 14 atletas e muita confiança. Numa prova que surge no programa competitivo já a poucas semanas dos Europeus de agosto, apenas Diogo Carvalho não vai estar presente em Espanha do lote de nadadores qualificado para Glasgow. Quanto às expectativas da participação portuguesa, o Diretor Técnico Nacional José Machado aponta a bons resultados.

"Em relação à Seleção que vai estar presente nos Europeus de Glasgow [agosto], a única ausência é a de Diogo Carvalho, porque quando foi formada a convocatória ele ainda não estava em condições físicas. As expectativas para esta competição são boas, será um teste para os Europeus. A forma não foi apontada para esta competição mas os Jogos do Mediterrâneo são uma competição interessante, forte, onde nos é possível participar com uma seleção mais alargada. É uma oportunidade rara e penso que todos os atletas perceberam a importância desta prova. Estou convencido que os nadadores vão apresentar-se bem e serão competitivos", explica José Machado a Record, esperando enorme competividade em Tarragona.

"Ainda estou à espera da lista final de inscritos dos restantes países, mas sei que a Espanha estará na máxima força, com uma equipa muito forte. Será sem dúvida uma prova com um nível de competitividade elevado, mas estou convencido que a maioria dos nadadores portugueses vai, em primeiro lugar, discutir a presença nas finais. E, depois, há alguns que têm legítimas aspirações a chegar ao pódio", observou.

Quanto à queda de recordes nacionais absolutos nos Jogos do Mediterrâneo, o responsável técnico da Federação Portuguesa de Natação não exclui essa hipótese.

"Também não era expectável haver recordes nacionais em Canet [França], onde a Ana Catarina Monteiro melhorou o máximo nacional dos 200 metros mariposa. Portanto, quer ela e a Diana Durães, sobretudo, poderão ficar próximas dos seus melhores tempos. Não descuro a hipótese de haver algum recorde nacional, embora nesta altura o principal objetivo é que os nadadores se revelem competitivos, partindo do pressuposto que aquilo que fizerem em Tarragona deverá ser melhorado no Europeu", concluiu José Machado.

A competição de natação pura está agendada para sábado, domingo e segunda-feira.

Seleção Nacional em Tarragona:

Alexis Santos (Sporting): 100m bruços, 200m estilos, 50m costas e 50m bruços
Guilherme Pina (Sporting): 1.500m livres
João Vital (Sporting): 200m costas, 200m livres e 400m estilos
Francisco Santos (Sporting): 100m costas e 200m costas
José Lopes (Louzan): 100m costas, 200m estilos, 50m costas e 50m bruços
Miguel Nascimento (Benfica): 50m, 100m e 200m livres, 200m mariposa e 400m livres
Tomás Veloso (Náutico Académico): 200m bruços, 400m livres, 400m estilos

Victoria Kaminskaya (Benfica): 200m mariposa, 200m e 400m estilos
Diana Durães (Benfica): 200m, 400m e 800m livres
Raquel Gomes Pereira (Algés): 50m,100m e 200m bruços
Rita Frischknecht (Algés): 100m e 200m costas, 100m e 200m livres
Ana Catarina Monteiro (Fluvial Vilacondense): 50m, 100m e 200m mariposa
Inês Fernandes (Sporting): 50m e 100m mariposa, 200m estilos, 50m costas, 50m livres
Tamila Holub (Sp. Braga): 400m e 800m livres

Chefe de equipa: José Machado
Treinadores: Carlos Cruchinho, Miguel Frischknecht e Vítor Ferreira

Site oficial dos Jogos do Mediterrâneo

Missão de Portugal em Tarragona

Calendário da competição em Tarragona

Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Natação

Notícias

Notícias Mais Vistas