Kaminskaya e Nascimento: «Adiar os Jogos Olímpicos foi a decisão mais justa»

Nadadores benfiquistas vão lutar por um lugar em Tóquio em 2021

Victoria Kaminskaya e Miguel Nascimento, casal de nadadores do Benfica que lutavam arduamente para garantir os mínimos para Tóquio, partilham da mesma opinião em relação ao adiamento dos Jogos Olímpicos para 2021. 

"Foi a decisão mais justa e segura para todos. Para nós, não fazia sentido realizar uma competição desta importância, ainda para mais porque se iriam juntar pessoas de todo o mundo. Temos de respeitar as recomendações, ficar em casa até passar esta pandemia, para podermos voltar aos treinos o mais rapidamente possível", referiu Kaminskaya, em declarações ao site das águias.

"Em primeiro lugar tem de estar a saúde, e nem seria justo os Jogos Olímpicos realizarem-se este ano, porque há países que estão a sofrer mais do que outros. Esta decisão trouxe-nos maior tranquilidade porque temos mais um ano para trabalharmos e estarmos ao nosso melhor nível nos Jogos", destacou Nascimento.

Até ao adiamento dos Jogos para 2021, Portugal tinha cinco nadadores apurados para Tóquio: Ana Catarina Monteiro, Diana Durães, Tamila Holub, Alexis Santos e Gabriel Lopes.

Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Natação

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0