Seis nadadores chineses com controlos de antidoping positivos

Em causa estão as substâncias clenbuterol e hidroclorotiazida

• Foto: Paulo Calado

Seis nadadores chineses testaram positivo para o uso de substâncias proibidas, confirmou a imprensa estatal da China, após a Agência Mundial Antidoping ter revelado que investiga alegados encobrimentos de testes por Pequim.

Três atletas - Zhao Ying, Wang Lizhuo e An Jiabao - terão tomado clenbuterol, avançou a agência oficial Xinhua, que cita a China Swimming Association (CSA), apesar de nenhum ter competido nos Jogos Olímpicos ou no Mundial de Atletismo.

A Xinhua refere ainda outros três atletas, sem detalhar nomes, que testaram positivo para o uso de hidroclorotiazida - um diurético que pode servir para mascarar outras substâncias dopantes - em janeiro.

O anúncio, feito a poucas semanas do campeonato nacional da China, surge após o jornal britânico Times ter revelado que cinco testes positivos antidoping terão sido ocultados.

A Agência Mundial Antidoping disse, entretanto, que está a investigar Pequim e Moscovo por alegado encobrimento dos resultados.

Em declarações à Xinhua, o vice-diretor da agência antidoping da China nega que os resultados tenham sido ocultados e que todos os seis casos foram reportados.

Zhao Jian argumentou que os três casos envolvendo o uso de hidroclorotiazida não foram feitos públicos porque "estão ainda sob investigação", mas não explicou porque é que os casos de uso de clenbuterol foram mantidos em segredo até esta semana.

Clenbuterol, uma substância usada para queimar calorias e construir massa muscular, é por vezes utilizada ilegalmente por produtores de carne na China.

Atletas chineses terão evitado no passado comer carne comercializada por temer acusar aquela substância.

Não é a primeira vez que as autoridades chinesas encarregadas da prática federada da natação adiam a revelação dos resultados de testes de uso de substâncias proibidas.

Em 2014, avançaram que Sun Yang, campeão olímpico por duas vezes e detentor do recorde mundial dos 1.500 metros livres, esteve banido por três meses antes de voltar à competição.

Nesse ano, Sun venceu três medalhas de ouro nos Jogos Asiáticos, mas o anúncio de que esteve suspenso, devido ao uso de trimetazidina, só foi feito após a competição.

Segundo o Código Mundial Antidoping, os testes positivos devem ser feitos públicos num prazo de 20 dias.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Natação

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.