Vitalina Simonova punida com quatro anos de suspensão

Controlo revelou testosterona

Vitalina Simonova foi punida com uma suspensão de quatro anos devido a doping, após ter acusado testosterona, anunciou este sábado a Federação Internacional de Natação (FINA).

A nadadora russa, de 23 anos, medalha de prata nos 200 metros bruços dos Europeus de 2013 de piscina curta, falhou também um controlo inopinado em junho do último ano.

A nadadora cumpriu uma suspensão com efeitos retroativos, a 29 de junho de 2015, e estará impedida de competir até 28 de junho de 2019, numa decisão que invalidará todos os resultados que obteve após o resultado positivo.

A sua suspensão é a mais recente a atingir o desporto russo, cujo programa de atletismo está suspenso pela Associação das Federação Internacionais de Atletismo (IAAF), no âmbito do escândalo que revelou um programa organizado de doping.

A tenista russa Maria Sharapova, uma das principais desportistas do circuito WTA, também recorreu de uma suspensão de dois anos, depois de ter acusado positivo para meldonium.

Uma substância também detetada na nadadora Yulia Efimova, campeã mundial dos 100 metros bruços, entretanto levantada pela FINA em maio, que ainda analisa o caso.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Natação

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.