Americano reclama 867 biliões por ter visto "partes íntimas" de Jennifer Lopez no Super Bowl

Ativista lamenta que a NFL lhe tenha oferecido um "espetáculo pornográfico" e "um show de striptease" no intervalo do jogo

A carregar o vídeo ...
A arrasadora atuação de Shakira e Jennifer Lopez no Super Bowl

Shakira e Jennifer Lopez estiveram nas bocas do Mundo depois do show que protagonizaram no intervalo do Super Bowl deste ano, mas nem tudo foram elogios. Há um ativista, natural do Ohio, que pretende processar a NFL, a Pepsi (patrocinadora do evento) e "todos os que forem necessários" pelo "espetáculo pornográfico" a que diz ter assistido no intervalo do jogo. A indemnização? Qualquer coisa como 867 biliões de dólares.

"Estou a falar a sério. Vou procurar um advogado para processar a NFL, a Pepsi e a minha operadora de cabo... Todos os que forem necessários por emitir pornografia. Não sei se é este o termo indicado, pois não sou advogado", contou Dave Daubenmire, que também é treinador de futebol americano, num vídeo que publicou no Facebook. 

Dave Daubenmire
O ativista mostra-se preocupado com os mais novos. "Vamos proteger, ou não, as nossas crianças? Não querem saber da mente das crianças? Da sua inocência? Eu quero saber!"

"Liguei a televisão para ver um jogo de futebol americano e não para ver um espetáculo pornográfico. Não liguei a televisão para ver as partes íntimas da J-Lo. O que vimos foi um show de 'striptease' no intervalo do Super Bowl. Podem dizer-me 'por que não mudaste de canal?' É verdade, mas não houve qualquer advertência prévia sobre o que ia acontecer durante o show", considerou.

E continuou: "Basta! A minha Bíblia diz-me que não posso levar um espetáculo destes diante dos meus olhos nem diante dos das crianças. Por que não apresentaram uma banda de uma escola secundária?" 

Show de sensualidade de Shakira e Jennifer Lopez no Super Bowl

17
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de NFL

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.