Estrela da NFL acusada de agressão sexual

Britney Taylor diz ter sido vítima de Antonio Brown

• Foto: USA TODAY Sports

Antonio Brown, wide receiver dos New England Patriots, está a ser acusado de violação e agressão sexual: Britney Taylor, de 28 anos, ex-treinadora do jogador, acusa-o de agressão sexual em três ocasiões, durante 2017 e 2018.

Segundo a acusação, o primeiro caso de agressão sexual ocorreu em junho de 2017, quando o jogador beijou Taylor sem o seu consentimento. No mesmo mês terá ocorrido a segunda agressão sexual - enquanto ela assistia a um programa de televisão, ele começou a masturbar-se. A partir desse momento Taylor deixou de trabalhar com Antonio Brown.

A ex-treinadora do jogador acusa-o ainda de a ter violado em maio de 2018.

"Como vítima de Antonio Brown, decidir falar foi uma decisão incrivelmente difícil. Encontrei forças na minha fé, na minha família e nas histórias de outros sobreviventes de agressão sexual", refere Britney Taylor no comunicado divulgado por seu advogado.

Já Antonio Brown nega as acusações: "Sr. Brown nega toda e qualquer alegação no processo. Ele irá recorrer a todos os meios legais, não apenas para limpar seu nome, mas também para proteger outros atletas profissionais contra falsas acusações", refere o comunicado divulgado pelo advogado do jogador da NFL, admitindo porém ter tido relações sexuais: "qualquer interação sexual com Brown foi inteiramente consensual", refere.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de NFL

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.