Jardins do Casino Estoril recebem Cascais Padel Masters

Vai decorrer entre 17 e 22 de setembro, no Estoril.

• Foto: EPA

Os jardins do Casino Estoril vão receber, pela primeira vez, o Cascais Padel Masters, um dos seis torneios de categoria máxima do World Padel Tour (WPT), que vai decorrer entre 17 e 22 de setembro, no Estoril.

O evento, que nas duas edições anteriores foi denominado Portugal Padel Masters e decorreu no Estádio Nacional, em Oeiras, vai transferir-se este ano para o concelho de Cascais, onde são esperados os melhores jogadores do mundo, como os líderes do 'ranking' mundial, os argentinos Maximiliano Sánchez e Sanyo Gutiérrez, o espanhol Paquito Navarro, o brasileiro Pablo Lima e, entre outros, o ex-número um do mundo, Fernando Belasteguín.

O Cascais Padel Masters, organizado pela SW19 e apresentado esta terça-feira no Casino Estoril, com a presença, entre outros, do jogador Paquito Navarro (3.º classificado do 'ranking' mundial) e de Sofia Araújo (número 2 nacional e 27.ª WPT), é ainda um dos únicos três eventos de categoria Masters disputado por homens e mulheres, a par do torneio de Marbelha e de Valladolid.

"É um sonho trazer um evento desta dimensão para Portugal. Destaco a importância desportiva deste torneio no circuito internacional, sendo que, dos seis torneios de categoria máxima, só há três com competição masculina e feminina e o Cascais Padel Masters é um deles", destacou João Martins, CEO da SW19 e diretor da prova.

Nuno Piteira Lopes, vereador da Câmara Municipal de Cascais, não escondeu a satisfação por dar as boas-vindas à terceira edição do torneio que irá se estrear no Estoril.

"Este é o resultado da nossa aposta de trazer um evento desta dimensão e com este prestígio, associado ao desporto, para o nosso concelho. É um evento que está alinhado com tudo que gostamos de fazer, ou seja, receber bem e procurar proporcionar bons momentos a quem nos visita", frisou.

Enquanto o diretor internacional do WPT, Hernan Auguste, lembrou que "Portugal, a par da Argentina, foi um dos primeiros países a receber torneios do circuito internacional fora de Espanha,", o presidente da Federação Portuguesa de Padel (FPP), Ricardo Oliveira, confessou ser "um sonho para muitos países ter uma prova deste calibre".

"Começámos nesta relação com o WPT há seis anos e, no Jamor, tivemos sempre o apoio do IPDJ. Agora o torneio vem para a autarquia que melhor organiza eventos. Cascais é conhecido pelos seus eventos desportivos e para a FPP é muito importante ter uma prova desta grandeza em Portugal e um orgulho", sublinhou.

A vice-presidente do IPDJ, Sónia Paixão, além de elogiar o "crescimento exponencial do padel em território nacional", fazendo "um reconhecimento à FPP por esse esforço, empenho e dinamismo nessa conquista", enalteceu a capacidade de trazer para Portugal um dos torneios mais importantes do WPT.

"O IPDJ vê com muitos bons olhos este evento, uma vez que é uma forma de demonstrar a grande capacidade organizativa que o nosso país tem. Cascais tem elevado a fasquia nas mais diferentes modalidades e, por isso, felicito a Câmara Municipal de Cascais por esta visão, porque os municípios também têm que ter visão estratégia para receberem eventos desta natureza que projetam o seu município além-fronteiras e do ponto vista interno", disse.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Padel

Masters em Lisboa

Títulos da maior prova social do país vão ser decididos a 14 e 15 deste mês no Rackets Pro EUL

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.