António Aguilar: «Objetivo é entrar na luta pela Taça Bowl»

Selecionador já olha para o encontro de domingo

• Foto: Fernando Ferreira

O selecionador nacional, António Aguilar, em declarações exclusivas a Record, estava dececionado com os resultados mas aponta domingo como um novo dia para Portugal alcançar um bom resultado.

"Entrámos mal no encontro frente à Rússia. Logo no pontapé de saída recuperaram as bolas e praticamente começámos o jogo com um 12-0. Ainda conseguimos equilibrar com dois ensaios mas na parte final do jogo faltou-nos um pouco de calma e de paciência, porque até tivemos algumas posses de bola que não soubemos usar. O último ensaio da Rússia já não interessava para nada mas deu o prego final no caixão. Não estamos mortos mas amanhã, em teoria, vamos ter um jogo mais difícil, mas isso não acaba com os nossos objetivos para este torneio."

Portugal, terminando no quarto lugar do grupo A, vai agora defrontar o terceiro classificado do grupo D.

"Agora temos de ir para casa, corrigir os erros, porque amanhã é um outro dia. Temos de reagir rapidamente e amanhã temos uma nova oportunidade para alcançar um resultado positivo. Canadá ou Estados Unidos, de qualquer modo será um jogo difícil. Temos é primeiro de olhar para nós próprios. O nosso objetivo é ganhar amanhã para entrar na luta pela Taça Bowl para tentarmos ganhar pontos à Rússia", frisou o técnico.

A Seleção Portuguesa encontra-se atualmente no último lugar do circuito mundial e poderá descer. No entanto, António Aguilar mostrou esperança quanto à manutenção: "A manutenção no circuito mundial está em risco porque neste momento somos nós que descemos e estamos a quatro pontos da Rússia. Não é impossível mas é complicado. Gostávamos de ir para Londres com menos pontos de diferença".

Recorde-se que no domingo a Selecção Portuguesa vai jogar frente ao terceiro do grupo D, Estados Unidos ou Canadá, pelas 9H29, hora de Lisboa.

Por Marco Martins
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Râguebi

Notícias

Notícias Mais Vistas