João Mirra elogia resposta do Belenenses na final da Taça de Portugal

O treinador português dá sinal mais para a prestação dos seus jogadores

• Foto: Facebook: Os Belenenses rugby

O treinador de râguebi do Belenenses, João Mirra, elogiou a resposta dada este domingo pelos seus jogadores na final da Taça de Portugal, que os 'azuis' conquistaram, em Setúbal, ao bater o Técnico por 28-17.

Uma semana depois de perderem a final do campeonato para a Agronomia (10-18), os jogadores do Belenenses "exorcizaram fantasmas" e somaram a quarta Taça de Portugal do historial do clube, recuperando de uma desvantagem de 6-7 ao intervalo no Complexo Municipal de Atletismo do Vale da Rosa.

"Foi a resposta que esperava e tínhamos a obrigação de dar. Não nos estavam a pedir nada que não soubéssemos que tínhamos a capacidade de fazer", desabafou João Mirra instantes depois de bater os 'engenheiros', equipa "recheada de bons jogadores" e em "condições adversas".

"Na segunda parte, apesar do vento contra muito forte, fomos homens, chegámo-nos à frente e fizemos aquilo que temos a obrigação de fazer sempre. Hoje é que aprendemos com a derrota da final do campeonato", concluiu João Mirra.

No lado do Técnico, Kane Hancy elogiou o adversário, equipa com "um misto de jogadores experientes e jovens de muita qualidade" e apontou "pequenos erros" como responsáveis pelo desaire da sua equipa.

"Contra adversários deste valor, este tipo de falhas paga-se muito caro", assumiu o jogador-treinador da equipa das Olaias, antes de deixar críticas ao calendário competitivo do râguebi português.

O neozelandês considera que "a paragem de seis semanas em fevereiro e março foi fatal para a concentração dos jogadores".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Râguebi

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.