Record

Jogador negro nomeado pela primeira vez capitão da seleção sul-africana

Mais de 20 anos após o regime do Apartheid

Siya Kolisi
Siya Kolisi • Foto: EPA
Um jogador negro foi pela primeira vez nomeado capitão da seleção sul-africana de râguebi, desporto ainda dominado por uma minoria de raça branca, mais de 20 anos após o regime do Apartheid no país.

"É uma grande honra ser nomeado capitão dos Sprinboks [nome pela qual é conhecida a equipa de râguebi sul-africana]", disse o treinador Rassie Erasmus, depois de comunicar a escolha para capitão de Siya Kolisi, que conta com 28 internacionalizações desde 2013.

Numa equipa e modalidade que é ainda dominada por uma minoria de raça branca, a decisão histórica de confiar a braçadeira de capitão a um jogador negro foi saudada pelo Congresso Nacional Africano (ANC), organismo que lutou décadas contra o regime racista branco, que foi instaurado em 1948 e só caiu oficialmente em 1994.

"Parabéns ao Kolisi por ter sido nomeado capitão de râguebi da África do Sul para os três jogos particulares frente à Inglaterra", disse em declarações o governo do país.

Em 2006, já um outro jogador negro, Chiliboy Ralepelle, havia sido nomeado para capitão do XV sul-africano, mas apenas para um jogo particular, que não entrou nos cadernos oficiais.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Râguebi

Notícias

Notícias Mais Vistas

M