Martim Aguiar diz que a sua dispensa não afetou seleção de râguebi

Técnico português preferiu manter o foco do discurso no sucesso alcançado pela sua equipa

O selecionador português de râguebi, Martim Aguiar, disse este sábado que as notícias sobre a sua dispensa, vindas a público na sexta-feira, não afetaram a prestação de Portugal no triunfo por 37-32 sobre a Alemanha.

O triunfo garantiu a subida ao segundo escalão europeu, com Martim Aguiar ao 'leme' da equipa, apesar de, a poucas horas do importante encontro, uma fuga de informação ter desvendado negociações avançadas entre a Federação Portuguesa de Râguebi (FPR) e o francês Patrice Lagisquet para assumir o comando da seleção portuguesa.

"Não abanámos e, sinceramente, não me surpreendeu. Foi um assunto que mexeu pouco comigo e com a equipa. Mesmo após o final do jogo, ainda não foi assunto de conversa entre nós", assumiu Martim Aguiar à agência Lusa, cerca de uma hora após o final da partida.

O técnico português preferiu manter o foco do discurso no sucesso alcançado pela sua equipa, voltando a lembrar que, desde o início, o seu grupo se preocupa apenas "com o que pode controlar".

"Agora, o importante é festejar e perceber que o caminho que traçámos para regressar ao 'Championship' foi o mais adequado e que felizmente acabámos bem", apontou Aguiar, depois de lembrar que esta é uma "seleção muito jovem" e que, talvez por isso, tenha precisado de sofrer tanto para alcançar o objetivo, depois de estar a ganhar por 30-6.

"A equipa vai abaixo e começa a desacreditar em si quando as coisas não correm de feição. É uma questão de experiência. Mas é importante referir que, por outro lado, também estivemos de parabéns pela forma como aguentámos a pressão nos últimos minutos e que o triunfo foi merecido, pois jogámos melhor", analisou Martim Aguiar.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Râguebi

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.