Meias finais da Taça de Portugal remarcadas para esta semana no Jamor

Partida entre o CDUL e o Belenenses será disputada esta quarta-feira pelas 20H30

• Foto: Vítor Chi

Os encontros das meias-finais da Taça de Portugal de râguebi, cancelados na passada sexta-feira devido ao recuo do concelho de Lisboa no plano de desconfinamento, foram remarcados para esta semana, no Jamor, anunciou esta segunda-feira a federação.

O jogo entre o CDUL e o Belenenses, inicialmente marcado para sexta-feira, será, afinal, disputado na quarta-feira, às 20:30h, enquanto o Direito-Técnico, que estava agendado para o passado sábado, terá lugar esta terça-feira, também às 20:30h.

Ambos os confrontos serão disputados no Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Râguebi (FPR), no Jamor, no concelho de Oeiras, de forma a permitir a sua realização.

A final da Taça de Portugal mantém-se, desta forma, prevista para o próximo fim de semana, caso a evolução da situação da pandemia de covid-19 não force novas alterações.

Os jogos das meias-finais estavam, inicialmente, marcados para o concelho de Lisboa, que recuou para o nível de risco muito elevado de transmissão do novo coronavírus, após o conselho de ministros de quinta-feira.

O râguebi é considerado uma modalidade de alto risco de transmissão e, por esse motivo, só estão autorizadas, nos concelhos de risco muito elevado (Lisboa, Sesimbra e Albufeira), atividades de treino e competitivas das seleções nacionais e da Divisão de Honra.

Os jogos da Taça de Portugal não estão contemplados nas permissões de atividade competitiva nos concelhos de risco muito elevado, onde, de resto, os campos de râguebi e similares devem permanecer encerrados, exceto para atividades das Seleções Nacionais e da Divisão de Honra.

O nível de risco muito elevado de transmissibilidade da covid-19 identifica os concelhos que registem, pela segunda avaliação consecutiva, uma taxa de incidência superior a 240 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 480 se forem concelhos de baixa densidade populacional).

Em Portugal, morreram 17.086 pessoas e foram confirmados 875.449 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Râguebi

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.