Tomaz Morais: «Faltou tempo para preparar a equipa»

Explica o que pode ter estado por trás da despromoção dos Lobos ao 3.º escalão

• Foto: Pedro Simões

O râguebi nacional vive, por estes dias, uma verdadeira ‘ressaca’ após a despromoção de Portugal à Divisão 1B do Europeu – o 3º escalão continental. Nove anos depois da histórica presença no Mundial de França e 12 volvidos sobre o inédito título de campeã da Europa, em 2004, a Seleção Nacional vive o pior momento da sua história e prepara-se para, a partir da próxima época, disputar um escalão onde nunca tinha caído desde a criação do Europeu, em 2000.

Os resultados alcançados pelos Lobos, sobretudo este ano, foram desastrosos – Portugal sofreu uma média de 42 pontos por jogo – o que, para Tomaz Morais, deveu-se, essencialmente, à "falta de tempo". "Houve uma série de situações nos últimos meses, nomeadamente com diversas trocas a nível técnico: a chegada de Olivier Baragnon por um curto período, substituído no início do ano por uma nova equipa… Não foi por falta de empenho ou de qualidade das pessoas, foi mesmo falta de tempo para preparar uma equipa, ainda por cima muito jovem", analisou o antigo selecionador nacional.

O técnico que conduziu a Seleção ao título europeu e ao Mundial de 2007 acredita, por isso, que "Portugal tem todas as condições para voltar rapidamente à Divisão 1A". "Mas não vai ser fácil", advertiu. "Vamos jogar com países que estão num processo de crescimento muito acelerado. Portugal vai encontrar um râguebi ‘rude’, terrenos com poucas condições e arbitragens de qualidade muito mais baixa do que aquilo a que se habituou", enumerou, lembrando, no entanto, que "a qualidade e conhecimento do râguebi português caracterizam-nos como uma equipa da Divisão 1A".

Por outro lado, Morais continua a acreditar que "qualquer seleção tem de jogar sempre com os melhores jogadores", mas prefere não comentar a ausência de luso-franceses nas últimas convocatórias dos Lobos, uma prática que o próprio implementou durante a caminhada para o Mundial. "Respeito muito a estratégia de quem está à frente dos destinos da equipa", justificou.

Por Sérgio Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Râguebi

Notícias

Notícias Mais Vistas