Remador bielorrusso morre em treino para os Mundiais

Modalidades em choque perante a morte do atleta paralímpico Dzmitry Ryshkevich

O remador paralímpico bielorrusso Dzmitry Ryshkevich, de 33 anos, morreu esta quarta-feira durante um treino realizado na Áustria, segundo revelaram as autoridades locais. De acordo com as informações adiantadas pela imprensa austríaca, o barco do atleta ter-se-á virado durante um treino tendo em vista os Mundiais de Linz, tendo este acabado por se afogar. As autoridades rapidamente entraram em ação para tentar resgatá-lo com vida, mas apenas encontrariam o seu corpo já sem vida três horas depois.

Uma tragédia que deixou a canoagem e também o universo paralímpico abalados, com o presidente do Comité Internacional a mostrar-se chocado com o que acabara de suceder. "Estou absolutamente atónito perante esta terrível tragédia. Estamos todos chocados com esta notícia. Os pensamentos de todo o movimento paralímpico estão com a família, amigos, companheiros de equipa e com o Comité Paralímpico Nacional da Bielorrúsia", admitiu Andrew Parsons.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Remo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.