Campeã nacional Teresa Bonvalot quer ser campeã do Mundo de surf

Jovem de 20 anos conquistou o seu terceiro cetro nacional

Teresa Bonvalot revelou-se "super feliz" por ter conquistado o título nacional de surf e assumiu que trabalha diariamente para um dia chegar ao cetro mundial.

"Quero tornar-me uma competidora mais forte, ir para 2021 da melhor forma. Juntar-me às melhores surfistas internacionais e um dia ser campeã do mundo", revelou, em declarações à Lusa.

A jovem de 20 anos, que conquistou o seu terceiro cetro nacional, depois de o ter feito em 2014 e 2015, está convicta do seu potencial e vontade em chegar ao topo da hierarquia internacional. "Se não acreditasse, não estaria aqui. Se não somos nós os primeiros a acreditar, ninguém o fará por nós. Todos os dias trabalho com esse objetivo em mente. Abdico de muitas coisas por isso. Vou dar o meu máximo", prometeu.

Teresa Bonvalot sagrou-se campeã nacional de 2020 de forma antecipada, durante o Renault Porto Pro, a quarta e penúltima etapa da Liga MEO Surf, que venceu. "Sabe sempre bem, especialmente este ano, não tendo outras provas e a competir a tempo inteiro em Portugal. Sabe sempre super bem. Acabou por se tornar o objetivo, uma vez que no início do ano não sabia se ia competir mais por cá ou lá fora, devido à pandemia. Poder ser campeã é especial e estou super feliz", reforçou.

Bonvalot elogiou a etapa "muito boa, com ondas altas todos os dias" e reconheceu que garantir já o título e com triunfo na etapa era um objetivo "impossível de melhorar".

A surfista realça que esta época atípica a fez "crescer" como atleta e ser humano, preferindo por isso adaptar-se à nova realidade do mundo do que queixar-se dos constrangimentos.

"[A covid-19] Fez-nos olhar para a vida de maneira diferente. O mais importante é que o mundo mudou e temos de nos ajustar, olhar para isso de forma diferente, aproveitar a 'viagem' ao máximo e todas as pequenas coisas que me aconteceram na vida", elucidou.

Teresa Bonvalot focou-se em "olhar para tudo isto de uma maneira positiva, tentar olhar para o lado bom", admitindo que estar dois meses sem surfar "custaram imenso, até porque nunca tinha acontecido".

A atleta de Cascais diz ter "saudades de viajar pelo mundo inteiro, apanhar ondas incríveis e estar com as amigas lá fora" e, enquanto isso não é possível, vai-se fortalecendo em treino e fazer coisas novas.

Além do título nacional, Teresa Bonvalot conquistou também o Renault Porto Pro.

Por Lusa
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.