Federação francesa cria evento especial para apenas 20 surfistas em local secreto

Franceses anunciam regresso de competições para julho

Portugal contou este fim-de-semana com a primeira prova de surf a nível mundial depois da chegada do novo coronavírus. E parece que a ida da Liga MEO Surf para a água, após uma paragem de três meses por parte dos surfistas, serviu de exemplo para o resto do Mundo. A verdade é que a Federação Francesa de Surf não quis ficar atrás e anunciou para julho o primeiro evento pós-Covid 19.

Denominado de 'Taça da Federação', este evento especial vai juntar apenas os melhores surfistas franceses, numa prova que irá distribuir 10 mil euros de prémio, para ajudar estes mesmos surfistas a manterem as suas ambições profissionais, numa altura em que não têm provas para poder obter algum rendimento extra.

Serão apenas 12 homens e 8 mulheres que irão competir num spot algures pela região de Nouvelle-Aquitaine. O período de espera vai de 1 a 10 de julho, esperando assim pelo melhor dia de ondas neste período.

A federação gaulesa frisa que não irá divulgar o nome do lugar onde a prova se vai desenrolar, de forma a não atrair público e a poder controlar todas as regras de segurança que são obrigatórias.

Em prova irão estar nomes como Johanne Defay, representante francesa no WWT, Justine Dupont, Joan Duru ou Maxime Huscenot, entre vários outros nomes que competem no WQS.

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0