Frederico Morais confirmado na etapa do CT em Pipeline

Português vai competir pela quarta vez na histórica etapa havaiana

• Foto: Carlos Barroso / Record

Frederico Morais garantiu entrada no Billabong Pipe Masters, a última etapa da temporada do WCT 2019. O surfista português foi colocado no heat draw que foi divulgado esta quinta-feira, a cerca de um mês do início da mítica etapa havaiana, que se disputa em Pipeline.

Mesmo com a inclusão de John John Florence no draw, que poderá regressar de lesão nesta etapa, Kikas beneficiou das ausências já confirmada de Mikey Wright e Adriano de Souza para garantir a entrada em prova, devido ao facto de ser o segundo substituto do WCT – o primeiro é o brasileiro Caio Ibelli.

O surfista português está colocado no heat 4, na companhia de um dos candidatos ao título, o sul-africano Jordy Smith. O brasileiro Peterson Crisanto é o outro surfista presente na bateria. Contudo, existe a possibilidade de haver desistências até ao arranque do Pipe Masters, o que mudaria a disposição dos heats.

Kikas vai ter, assim, mais uma oportunidade de competir num dos palcos mais históricos do surf mundial. Esta será a quarta vez que Frederico compete no Pipe Masters, sendo que nas três ocasiões anteriores nunca conseguiu avançar qualquer ronda. 

Antes disso, nos QS10000 de Haleiwa e Sunset, o surfista de Cascais vai tentar carimbar o regresso em definitivo à elite do surf mundial.

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.