Frederico Morais e Guilherme Fonseca na ronda 3 do Mundial ISA

Guilherme Ribeiro caiu para as repescagens

• Foto: Carlos Barroso
A Seleção Nacional viveu, este domingo, mais uma jornada positiva no Mundial ISA que está a acontecer em Huntington Beach, na Califórnia, embora tenha registado a primeira queda de um surfista para as repescagens. Em mais um dia exclusivamente dedicado à prova masculina, Frederico Morais e Guilherme Fonseca asseguraram a passagem à ronda 3 do quadro principal, enquanto Guilherme Ribeiro caiu para as repescagens, onde terminou o dia a vencer.

Após um primeiro dia praticamente perfeito, a ação retomou com a ronda 2 masculina. Com o nível a apertar, os surfistas portugueses já não conseguiram qualquer vitória nesta fase, mas, nem por isso, deixaram de carimbar qualificações para a ronda 3. Guilherme Fonseca acabou por ter a melhor prestação do dia, após somar 13,60 pontos no heat 9, sendo apenas superado pelo costarriquenho Malakai Martínez (14 pontos). O indonésio Dhany Widianto e o chinês Zihao Wu foram atirados para a repescagem.

Quem também conseguiu superar esta fase com distinção foi Frederico Morais, que precisou de acelerar na parte final do heat para subir à segunda posição. Com o triunfo a ser do norte-americano e top mundial Kolohe Andino, com 13,60 pontos, Kikas conseguiu a segunda posição, com 10,83 pontos, superando o venezuelano Rafael Pereira (9,97) e o espanhol Ruben Victoria (6,96), que foram parar às repescagens.

A armada lusa só não conseguiu mais um dia limpo porque num complicado heat 6, Guilherme Ribeiro terminou na 3.ª posição, com 9,77 pontos, sendo superado pelo australiano e top mundial Jackson Baker (11,74) e pelo indonésio I Ketut Agus (12,10). No último posto, e também relegado para a repescagem, ficou o britânico Logan Nicol.
Depois disso, a organização deu início à ronda inaugural das repescagens, onde Portugal não esteve representado, avançando, depois, para a ronda 2, onde Guilherme Ribeiro voltou a entrar em ação. O atual líder do ranking nacional redimiu-se da derrota anterior e iniciou-se o trajeto nas repescagens com um triunfo. Gui venceu o heat 6 com 10,33 pontos, deixando no segundo posto Che Allan (9,63), de Barbados. Já o suíço Swen Zaugg e o grego Dimitri Papavassiliou foram eliminados do campeonato.

Agora, na ronda 3 da repescagem, Guilherme Ribeiro vai ter pela frente o dominicano Leandro Castillo, o costarriquenho Oscar Urbina e o nicaraguense Jackson Obando. Isto numa fase em que a derrota vale eliminação. Apesar disso, Guilherme ainda pode almejar com a chegada à grande final. No entanto, tem um caminho muito mais longo do que os surfistas que se vão mantendo no quadro principal, pois, neste momento, está a 10 rondas de repescagem dessa final, enquanto no quadro principal restam metade das rondas.

É nesse quadro principal que se mantêm Frederico Morais e Guilherme Fonseca, numa altura em que restam somente 36 surfistas nessa posição. Na próxima fase Guilherme Fonseca vai estar no heat 6, onde tem razoáveis possibilidades de sucesso frente ao alemão Dylan Groen, ao argentino e antigo bicampeão mundial ISA Santiago Muniz e ao israelita Uri Uziel. Já Kika terá pela frente um complicado heat 9, onde irá enfrentar o japonês Keanu Kamyiama, o brasileiro e atual top 10 mundial Miguel Pupo e ainda o italiano Leo Fioravanti, que é colega de treinos do surfista português e também pertenceu à elite mundial.
Contudo, a prova masculina não vai regressar à água esta segunda-feira, beneficiando de um dia de descanso. A terceira jornada do Mundial ISA de Huntington Beach vai ser, assim, dedicada exclusivamente à prova feminina, que começou mais tarde devido à presença de algumas surfistas num campeonato do circuito QS disputado até este domingo em Oceanside, também na Califórnia.

Assim, esta segunda-feira será dia de estreia para Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins e Kika Veselko. Teresa está no heat 12, onde enfrenta a porto-riquenha Liliana Franceschini e a neozelandesa Brie Bennett. Kika está no heat 21 e vai ter a concorrência da porto-riquenha Havana Cabrero e da neozelandesa Ariana Shewry. Por fim, Yolanda compete no heat 24 contra duas surfistas das mesmas nações, a porto-riquenha Mia Calderon e a neozelandesa Natasha Gouldsbury. 

Caso superem a ronda inaugural, as surfistas portuguesas ainda irão competir esta segunda-feira na ronda 2, consoante o que consta no programa para este terceiro dia de ação em Huntington Beach. 
Por João Vasco Nunes
1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Surf

Inglório

Lesão de Teresa Bonvalot ditou final ingrato no Mundial ISA. Guilherme Fonseca foi quarto

Notícias