Frederico Morais termina em 9.º no EDP Billabong Ericeira Pro

Português foi eliminado nos oitavos-de-final por apenas 13 centésimos

• Foto:  Damien Poullenot / WSL

Frederico Morais foi eliminado ao início desta manhã de sábado do EDP Billabong Ericeira Pro, terminando no 9.º posto final deste QS10000 português. Kikas foi superado pelo australiano Stu Kennedy na bateria 5 dos oitavos-de-final, que foi decidida por apenas 0,13 pontos.

Frederico até começou melhor a disputa, mostrando-se bastante consistente e conseguindo três notas na acima de 7 pontos. No entanto, acabou por ser Kennedy a achar a melhor onda da bateria, conseguindo capitalizar o potencial da mesma e recebendo 8,50 pela mesma.

No final o surfista português ainda tentou inverter a situação, mas sem efeito, perdendo o heat por apenas 13 centésimos, depois de somar 14,80 pontos em 20 possíveis, contra 14,93 do australiano e ex-top do WCT.

Apesar da derrota, Kikas saiu de água ovacionado pelo público presente na praia. Um 9.º posto que deixa o surfista de Cascais cada vez mais perto de consumar o regresso à elite mundial para 2020. Com este resultado soma 3700 pontos para o ranking, onde vai consolidar-se no top 10, com 17450 pontos.

Com duas etapas QS10000 ainda por disputar até final da temporada e sendo ambas no Havai, Frederico tem a porta aberta para consumar a qualificação. Até porque por cada heat que passar no Havai está a melhorar a situação no ranking. 

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.