Frederico Morais vai defender liderança do ranking nacional na Ericeira

Kikas tem presença garantida na segunda etapa da Liga MEO Surf, em Ribeira d’Ilhas

• Foto: Luís Manuel Neves

O triunfo na Figueira da Foz, na etapa inaugural da Liga MEO Surf 2020, deixou Frederico Morais na liderança do ranking do circuito nacional de surf. Agora, apenas duas semanas depois daquela que foi a primeira prova do Mundo pós Covid-19, Kikas vai regressar à ação em Ribeira d’Ilhas, no Allianz Ericeira Pro.

Apesar de estar a competir no circuito nacional para recuperar o ritmo competitivo, tendo obtido uma autorização da WSL para fazê-lo, Frederico poderá até lutar pelo título nacional, caso as provas internacionais se mantenham em suspenso e continue a competir nas próximas etapas da Liga MEO Surf.  

Para já, a única certeza é que Frederico Morais vai vestir a licra amarela na Ericeira, aquela que é atribuída aos lideres do ranking – na prova feminina é Teresa Bonvalot a vesti-la. Resta perceber se o único surfista português a pertencer ao circuito mundial de surf irá somar mais um triunfo na Liga ou se, mesmo que não o consiga, mantém a liderança do ranking.

Tal como ficou provado na Figueira da Foz, a concorrência será forte para Frederico Morais. Um dos principais candidatos ao triunfo é o local Tomás Fernandes, que é o campeão em título do Allianz Ericeira Pro. Tomás, que começou bem o ano com um 3.º posto no Cabedelo, depois de ser eliminado por Frederico nas meias-finais, está desejoso de reencontrar o amigo e poder ter a ‘desforra’. Curiosamente, no ano passado o jovem surfista da Ericeira foi o responsável pela eliminação de Kikas nas meias-finais em Ribeira d’Ilhas.

Tomás Fernandes, vice-campeão nacional em título e campeão em título do Allianz Ericeira Pro
"Acho que é incrível o facto de o Frederico Morais estar a competir entre nós, sendo ele um dos melhores surfistas do Mundo. No entanto, não é por ele estar a competir na Liga MEO Surf que o meu mindset muda. Adoro competir frente ao Kikas. Infelizmente, perdi contra ele nas meias-finais na Figueira da Foz, mas gostava de ter o rematch aqui na Ericeira e dar um bom espetáculo de surf. O Allianz Ericeira Pro é uma etapa onde me costumo dar bem, onde estou a competir a 30 segundos de casa e na praia onde aprendi a surfar. Além de ter um histórico positivo ali, tenho mesmo muito prazer em surfar as ondas onde cresci. Julgo que vai ser, claramente, uma etapa determinante para as minhas ambições de chegar ao título nacional e a minha ambição é ganhá-la."

Esta será, igualmente, a segunda paragem da Allianz Triple Crown, cujo ranking também é liderado por Frederico Morais e Teresa Bonvalot. Este sub-troféu, que vai para a sexta edição consecutiva e distribuiu um prémio total de 8.000 euros, equitativo entre o vencedor masculino e vencedora feminina, terá no Allianz Ericeira Pro uma etapa decisiva para os definir os vencedores finais, uma vez que é a penúltima de três provas.

O Allianz Ericeira Pro poderá ser acompanhada a partir de casa com transmissão integral em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0