João Moreira garante última vaga no Capítulo Perfeito

Venceu os trials locais em Carcavelos

• Foto: André Carvalho/Capítulo Perfeito

João Moreira venceu esta quarta-feira os Trials presented by UF Carcavelos/Parede em memória de Dapin, prova de trials que se destinou a apurar um surfista local de Carcavelos para competir na 9.ª edição do Capítulo Perfeito.

Moreira, de 23 anos, fez uso do conhecimento especial da praia onde cresceu para se superiorizar aos seus adversários, numa prova que contou com condições desafiantes. Na derradeira bateria, o vencedor dos Trials fez uma boa seleção de ondas entre os tubos que Carcavelos ofereceu, alcançando o último wildcard disponível para a competição principal.

"As condições estavam boas, mas exigentes. Devido à forte corrente estava difícil de nos mantermos no sítio certo. Fiquei contente com a gestão que fiz do último heat e de ganhar na minha praia contra outros locais. Esta vitória dá-me uma confiança extra e vontade de mostrar o que valho no evento principal, onde quero mostrar o meu melhor surf e proporcionar um bom espetáculo a todos", disse João Moreira.

Em prova estiveram também Afonso Bandhold, Bruno Mendonça, Francisco Laranjinha, João Kopke, Lourenço Sousa, Tomás Valente e ainda António Carvalho - chamado a competir em substituição do lesionado Edgar Nozes.

Os Trials presented by UF Carcavelos/Parede contaram com o apoio do CRCQL e realizaram-se em memória de João Alexandre "Dapin", icónico surfista de Carcavelos que faleceu em Novembro de 2021, aos 55 anos.

Com a vitória de João Moreira, a lista final de 16 surfistas que vão participar na 9.ª edição do Capítulo Perfeito powered by Billabong está oficialmente fechada. São eles: Adrian Buchan (AUS), Adriano de Souza (BRA), Aritz Aranburu (ESP), Balaram Stack (EUA), Bruno Santos (BRA), Clay Marzo (HAV), João Maria Mendonça (PRT), Michael February (AFS), Miguel Blanco (PRT), Nathan Hedge (AUS), Nic von Rupp (PRT), Pedro Boonman (PRT), Salvador Vala (PRT), Tiago Pires (PRT), Torrey Meister (HAV) e João Moreira (PRT).

Os atletas permanecem em stand-by à espera da chamada oficial para a competição principal, que acontecerá quando as previsões do mar e vento indicarem condições excecionais (um dia inteiro de ondas grandes, tubulares e perfeitas) na praia de Carcavelos. Em disputa vai estar um prize money global de 35.000€, com 25.000€ de prémios a distribuir pelos atletas participantes e mais 10.000€ em prémios de performance.

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias