Kikas vence Filipe Toledo e está nos quartos-de-final em Narrabeen

Duelo emocionante foi decidido na última troca de ondas

Frederico Morais continua a dar cartas em Narrabeen. O surfista português garantiu, esta madrugada de segunda-feira, a qualificação para a terceira etapa do WCT, depois de ter obtido uma emocionante vitória frente ao brasileiro Filipe Toledo, um dos grandes candidatos ao título mundial.

Depois de uma bateria controlada por Kikas desde início, e com Toledo um pouco à deriva, a emoção tomou conta da água já na parte final, com a última troca de ondas a ser decisiva para o desfecho deste duelo. Com Kikas na liderança com dois scores intermédios, aproveitando as poucas esquerdas que surgiram, e com Toledo a necessitar de uma onda acima de 6 pontos, foi no último minuto que quase tudo mudou de rumo.

Toledo saiu na frente, conseguindo a onda que lhe permitiria virar o resultado. Mas Frederico respondeu logo na onda de trás, com aquela que também seria a sua melhor onda na bateria. As pontuações foram divulgadas já depois do toque da buzina para o final do heat, o que deixou os dois surfistas na água à espera dos resultados.

Embora a onda de Filipe Toledo tenha sido a melhor do heat, dada um pouco acima, com 7 pontos. Segundos volvidos saiu um 6,33 para Kikas, que o colocava novamente na liderança. Com 11,60 pontos contra 10,93 do atual número 7 mundial, Frederico Morais garantiu, assim, o segundo triunfo da carreira frente a Toledo, após oito embates entre ambos, colocando um ponto final numa série de seis derrotas seguidas.

Este é um triunfo muito importante para o surfista português, que representa, para já, o melhor resultado da temporada. Agora, nos quartos-de-final, que até podem acontecer já esta terça-feira, Kikas vai ter pela frente o jovem australiano Ethan Ewing, que nesta mesma fase venceu o brasileiro Jadson Andre.

Com Frederico bem lançado na temporada, e com uma performance que lhe vai permitir subir bastante no ranking, onde é atualmente 15.º colocado, depois de ter sido 9.º em Newcastle, a requalificação para o WCT 2020 parece bem encaminhada. Apenas os 22 primeiros colocados do ranking garantem a continuidade automaticamente para a próxima temporada.

Em sentido inverso, Toledo, que vinha de um 3.º posto em Newcastle, começa a complicar as contas para ser um dos cinco primeiros do ranking no final da temporada, de forma a ter acesso ao evento final de Trestles, onde será discutido o título mundial. Para já, o talentoso surfista brasileiro pode mesmo sair do top 10 mundial.

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias