Liga MEO Surf: O título e o clássico na crista das ondas de Matosinhos

Surfistas Pedro Boonman, Francisco Carvalho e Filipe Jervis perspetivam fim-de-semana de futebol

Francisco Carvalho, Pedro Boonman e Filipe Jervis
Francisco Carvalho, Pedro Boonman e Filipe Jervis • Foto: Peter Spark / Movephoto

À boleia da 3.ª etapa da Liga MEO Surf, que decorre até domingo na Praia Internacional do Porto, em Matosinhos, Record convidou alguns surfistas adeptos dos três grandes a anteciparem as decisões finais do campeonato nacional de futebol. Pedro Boonman, Francisco Carvalho e Filipe Jervis aceitaram o repto e mostraram boa... onda.

"É difícil não ganharmos. Diria que há 99,9 por cento de hipóteses de sermos campeões", atira o surfista Pedro Boonman, naturalmente o benfiquista do grupo. Por muito que gostassem de o contrariar, os companheiros de prancha são 'obrigados' a concordar. "Só com um milagre na Luz é que podemos ser campeões. Se houver, veremos o que fazemos nós aqui. Mas acho que era trágico e o país ia abaixo!", refere o portista Francisco Carvalho, numa visão não muito diferente do leão Filipe Jervis: "O FC Porto campeão ainda vir a ser campeão é um cenário muito difícil. Mesmo que nos ganhem, e estou longe de ter isso como provável, e mesmo que o Benfica comece a perder com o Santa Clara, é difícil não imaginá-los a dar a volta ao resultado."

Arrumada a questão do título, Francisco Carvalho e Filipe Jervis começaram já a perspetivar a final do Jamor. Aí sim, tudo está em aberto. Para o sportinguista, não há grandes dúvidas sobre a melhor forma da equipa chegar a essa partida. "O Keiser é capaz de poupar alguém neste primeiro jogo com o FC Porto e acho que faz sentido que o faça. Isso pode fazer a diferença na Taça. Acho que é preferível arriscar um pouco aqui, no Dragão, e ter a certeza de que temos a equipa a 100 por cento no Jamor", diz Filipe Jervis, nitidamente mais focado na Taça de Portugal do que no fecho da Liga NOS.

Para Francisco Carvalho, sorrir no final do jogo do Jamor será sempre um mal menor em relação ao que o FC Porto poderia (ou ainda poderá?) conseguir no campeonato. "Ganhar a Taça de Portugal não salva a época. O FC Porto tem outras ambições, mas é uma competição que tem história e que a equipa tem de fazer tudo para ganhar. Mas não salva a época", vinca.

Este sábado, enquato decorrer a 3.ª etapa da Liga MEO Surf, será difícil a estes e outros surfistas com coração de adepto de futebol não espreitarem os resultados do futebol.

Por André Monteiro
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias