Paris vai ter uma piscina de ondas artificiais antes dos Jogos de 2024

Empresa que está a desenvolver o projeto promete criar uma nova tecnologia de ondas

• Foto: DR Record

Vai chamar-se Endless Surf e promete revolucionar o mundo das piscinas de ondas. Este parque irá ficar situado nos subúrbios de Paris, num complexo que dará pelo nome de La Vague Grand Paris, e a empresa que detém o projeto já revelou as primeiras imagens. Com um custo estimado em 250 milhões de euros, ainda não há data para o início da construção e da aberta, mas a empresa WhiteWater garante que estará pronto antes dos Jogos Olímpicos de Paris’2024.

A grande novidade deste parque, e ao contrário dos rumores que davam conta da possibilidade de a WSL e Kelly Slater avançarem com a construção de um Surf Ranch na capital francesa, é que vai utilizar uma nova tecnologia de ondas, que está a ser desenvolvida pela WhiteWater, empresa pioneira das ondas artificiais, que desenvolveu aquela que é considerada a primeira piscina de ondas, a Disney Typhoon Lagoon, em 1989, e que nos últimos anos se tem dedicado à criação de ondas estáticas, como a FlowRider.

A Endlessa Surf será uma piscina de ondas orgânica, desenhada em forma de coração e com cerca de 300 metros de largura e numa área de 2 hectares. Os criadores revelam que esta nova tecnologia permitirá surfar uma onda durante 26 segundos. A tecnologia também permitirá mudar o tipo de onda em tempo real, consoante os desejos dos praticantes que estiverem na água. Dessa forma, esta piscina conseguirá produzir esses vários tipos de onda ao mesmo tempo, o que permitirá que surfistas iniciantes, intermédios ou experientes estejam a surfar em simultâneo.

"Com a Endless Surf estamos a introduzir uma nova geração de tecnologia de ondas artificiais", garantiu Geoff Chutter, CEO da WhiteWater, empresa baseada no Canadá. "O nosso objetivo é desenvolver uma experiência de surf autêntica, que permita a dezenas de milhares de pessoas a sensação de surfar pela primeira vez. Além disso, atualmente, 24 milhões de pessoas identificam-se como sendo surfistas, mas alguns não têm acesso ao oceano", frisou.

Com esta notícia, a "guerra" das ondas artificiais passam a ter quatro frentes. Além da Kelly Slater Wave Company e da Wavegarden, a mais recente a juntar-se tinha sido a American Wave Machine, que está a desenvolver vários projetos nos Estados Unidos, depois de ter lançado o famoso parque de Waco, no Texas. Agora, há um novo player neste mercado, que não faz por menos e garante ter a ambição de desenvolver a melhor onda jamais feita pelo homem. No entanto, resta perceber se não haverão mais surpresas reservadas para Paris.

O parque La Vague Grand Paris irá situar-se em Sevran, nos arredores de Paris, a cerca de 25 Km do centro da capital francesa, e promete ser o coração dos desportos aquáticos na Europa. Além de ter escolhido a Endless Surf como a piscina de ondas a implementar no parque, ainda irá contar com um skate park, atividades aquáticas centradas nas famílias, pistas de bicicletas, praias artificiais, campo de basket, palco para música e espetáculo e toda uma grande oferta em termos de bares e restauração.    

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0