Quatro surfistas portuguesas nos 'quartos' na Ericeira

Camila Cardoso, Carolina Mendes, Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot

As surfistas portuguesas Camila Cardoso, Carolina Mendes e Yolanda Hopkins superaram esta quarta-feira a repescagem e juntam-se a Teresa Bonvalot nos quartos de final no MEO Cup of Surfing, prova que decorre na Praia de Ribeira d'Ilhas, na Ericeira.

Na primeira bateria da ronda de eliminação, Camila Cardoso (7,13 pontos em 20 possíveis) bateu a alemã Rachel Presti (6,70), assegurando a passagem à próxima fase.

"Comecei um bocado tarde o 'heat', mas encontrei uma onda que permitiu dar uma boa manobra e, depois, esperei por uma onda maior, que só encontrei nos últimos 30 segundos, mas deu para passar", assinalou aos jornalistas a jovem surfista de Carcavelos.

Depois, na segunda bateria, com as condições do mar a melhorarem, Carolina Mendes (12,50), bicampeã nacional e a primeira portuguesa a ganhar o título de campeã europeia, venceu a espanhola Ariane Ochoa (11,77).

"Foi uma boa bateria, comecei com duas notas boas e depois foi gerir o 'heat'. Não foi fácil terminar as ondas porque, com a maré vazia, as finalizações são em cima das pedras. Mas avancei e, nos 'quartos', quero apanhar boas ondas e mostrar o meu surf", realçou a atleta de Cascais.

No duelo entre portuguesas no terceiro 'heat', foi Yolanda Hopkins (11,77), que se costuma dar bem nas ondas de Ribeira d'Ilhas, quem levou a melhor sobre Francisca Veselko (11,37) e assegurou a continuidade na prova especial da Liga Mundial de Surf (WSL).

"Estou muito feliz por ter passado este 'heat', sabia que ia ser muito difícil. Vou com tudo para a próxima bateria", vincou a surfista algarvia.

Por fim, na quarta bateria, Mafalda Lopes (12,07), da Costa de Caparica, falhou o pleno para as cores portuguesas, ao perder para a espanhola Nádia Erostarbe (13,10).

Nos 'quartos', Camila Cardoso enfrenta a israelita Anat Lelior, Carolina Mendes defronta a francesa e 'top' mundial Johanne Defay, Yolanda Hopkins encara a francesa Pauline Ado (que já integrou a elite mundial), e Teresa Bonvalot - a única portuguesa que na terça-feira assegurou passagem direta à próxima fase - vai surfar contra a espanhola Nádia Erostarbe.

A ronda de eliminação masculina, onde estão os portugueses Frederico Morais, Vasco Ribeiro, Henrique Pyrrait e Afonso Antunes, ainda não se realizou, com a organização a agendar para as 16:00 nova chamada para evitar a maré cheia na Ericeira.

O MEO Portugal Cup Surfing, que se segue a uma prova semelhante disputada na semana passada em França, não pontua para qualquer competição e tem como principal objetivo proporcionar momentos de competição aos atletas, depois de os circuitos de 2020 da WSL terem sido cancelados por causa da pandemia de covid-19.

Por Lusa
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Surf

Notícias