Tops mundiais apoiam decisão da WSL de parar provas

Não há campeonatos até final de maio e primeiro terço do WCT 2020 está em risco  

• Foto: Carlos Barroso

Foi na passada sexta-feira que a WSL aderiu à onda global de adiamentos e cancelamentos de eventos devido à pandemia do coronavírus. Primeiro saiu a decisão de não se realizar eventos até final de março, sendo que dias depois essa paragem foi alargada até final de maio. Os surfistas acabaram por reagir positivamente a esta paragem e agradeceram a decisão da WSL, com John John Florence à cabeça.

"Triste por não nos encontrarmos todos este ano em Snapper Rocks", começou por referir o campeão mundial de 2016 e 2017. "No entanto, tenho de agradecer à WSL por ter levado esta situação tão a sério", frisou o surfista havaiano, que depois de uma grave lesão sofrida no ano passado, se prepara para regressar à melhor forma em 2020.

Foi através das redes sociais, sobretudo o Instagram, que os tops mundiais manifestaram o apoio a esta decisão. A brasileira Tatiana Weston-Webb tinha acabado de chegar à Nova Zelândia, onde se iria realizar o próximo evento das Challenge Series do WQS. "Penso que tomaram a decisão mais acertada. Isto não é uma piada e o melhor a fazer é estarmos seguros", afirmou Westob-Webb, que estava apenas há 12 horas no país.

O australiano Owen Wright foi outro dos que saiu em defesa da WSL. "Tiveram de tomar uma daquelas decisões difíceis, mas fico feliz por saber que colocaram em primeiro lugar a proteção dos surfistas e dos fãs", apontou Wright.

Destaque ainda para a mensagem deixada pelo campeão mundial em título, o brasileiro Italo Ferreira. Apesar de estar ansioso pelo começo da nova temporada e da defesa do título, Italo, que estava a meio de uma escala que o levaria à Austrália. Ainda assim, o surfista da Baía Formosa acredita que esta foi a decisão mais sensata.

"Uma decisão correta e que visa a saúde de todos os atletas, fãs e staff. Estava nos Estados Unidos, prestes a embarcar para a Austrália e tive de mudar a minha rota à última da hora. Estava ansioso por competir, mas acredito que tudo isto foi por um bem maior", assegurou Italo Ferreira na sua conta de Instagram.

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.