Vasco Ribeiro avança até à 3.ª ronda na Challenge Series de Sydney

Frederico Morais ainda aguarda a estreia na prova australiana

• Foto: Carlos Barroso

Começo positivo para o surf português nas novas Challenge Series do WQS. Na prova masculina do evento de Sydney, que oferece 10000 mil pontos ao vencedor, Vasco Ribeiro estreou-se, esta segunda-feira, com um triunfo e, mais tarde, garantiu a passagem à 3.ª ronda, esperando agora que Frederico Morais se junte a ele nesta fase da prova.

Vasco esteve em ação logo no heat inaugural do campeonato e correspondeu às expectativas. Com 12,70 pontos o surfista do Estoril venceu facilmente a bateria, deixando o australiano Dakoda Walters (10,73) no segundo posto e ajudando a eliminar o também australiano Dean Bowen (10) e o espanhol Vicente Romero (9,80).

Na 2.ª ronda Vasco Ribeiro voltou a competir no heat 1 e repetiu a boa performance da ronda inaugural. Embora não tenha conseguido vencer a bateria, que foi do francês Charly Martin (14,17), o tetracampeão nacional amealhou 13,33 pontos e garantiu mais uma qualificação, deixando pelo caminho o australiano e top do WCT Jack Freestone (11,06) e ainda o francês Charly Quivront (10,66).

Quem ainda aguarda a estreia é Frederico Morais, que está inserido no heat 17 desta 2.ª ronda, onde irá ter pela frente os australianos Jordan Lawler e Jackson Baker e ainda o havaiano Cody Young. Com a prova a parar após o heat 10, a estreia de Kikas ficou assim adiada para esta madrugada, onde vai procurar juntar-se ao compatriota na ronda 3.

Vasco, por sua vez, já conhece os adversários que terá pela frente na próxima fase. O surfista português não terá uma tarefa nada fácil no heat 2, uma vez que vai defrontar os brasileiros Adriano de Souza, campeão mundial de 2015, e Willian Cardoso, ex-top do WCT, e ainda o uruguaio Marco Giorgi.

Já na prova feminina, que se iniciou no domingo, a armada lusa não teve a mesma sorte, uma vez que apenas Yolanda Hopkins superou a ronda inaugural, onde caíram Teresa Bonvalot e Carol Henrique. Ainda assim, a campeã nacional acabou por ser eliminada logo na 2.ª ronda, terminando a prova australiana no 37.º posto.    

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.