Aurelio Burgos aos 80 sem parar

Espanhol é um caso de longevidade

Aurelio Burgos ainda não consegue dizer ‘ténis de mesa’. Continua a dizer ‘pingue-pongue’, como sempre. Aos 80 anos, feitos em fevereiro, este asturiano prepara-se para participar no seu 62º Campeonato de Espanha consecutivo (!), um raro caso de longevidade.

No seu primeiro campeonato, em 1955, ainda as raquetas eram muito diferentes, sem as esponjas que hoje conhecemos. Uma mudança que não agradou a Aurelio, alvo de um perfil no diário espanhol ‘Marca’: "Foi uma desgraça. A partir daí perdeu-se a espetacularidade. Agora é só malabarismos", diz o decano, a quem nem os problemas de saúde, causados principalmente pela fome que passou durante a Guerra Civil espanhola, colocam travão. Aliás, Aurelio sempre achou que "morreria novo" e por isso nunca se casou. Ainda ‘rondou’ uma "preciosa muchacha" durante cinco anos, mas não lhe quis "cortar as asas".

Os próximos campeonatos espanhóis jogam-se em junho e até lá Aurelio vai-se preparando. A frescura já não é a mesma de outros tempos e por isso Aurelio treina-se "apenas um pouco" de segunda a sexta-feira em San Sebastián de los Reyes, perto de Madrid.

Por Lídia Paralta Gomes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis de Mesa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.