Jieni Shao na final do torneio de apuramento olímpico

Portuguesa vai decidir vaga em Tóquio frente à francesa Jia Nan Yuan

A mesatenista portuguesa Jieni Shao apurou-se esta sexta-feira para as meias-finais da qualificação europeia feminina para os Jogos Olímpicos, ao derrotar a britânica Charlotte Carey 4-3, e garante o passaporte para o Japão se vencer o próximo jogo.

A atleta lusa, número 63 mundial, esteve a vencer por 3-1, mas a 151.ª classificada do ranking mundial aumentou a velocidade do seu jogo nos três parciais seguintes e esteve a vencer por 10-6 na 'negra', antes de Jieni Shao reagir e chegar ao 4-3 final (11-6, 10-12, 11-5, 12-10, 9-11, 7-11 e 13-11), no torneio que decorre no pavilhão multiusos de Guimarães, entre quarta-feira e domingo.

A jogadora, de 27 anos, vai defrontar nas meias-finais da segunda ronda da qualificação europeia a francesa Jia Nan Yuan, mesatenista que ocupa o 131.º posto do ranking mundial e que, nos quartos de final, venceu por 4-0 (16-14, 11-6, 11-7 e 11-5) a espanhola Maria Xiao, atleta nascida em Barcelona, que viveu na Madeira e representou Portugal até 2012, tendo estado nas reservas para os Jogos Olímpicos de Londres.

Caso vença o encontro agendado para as 10:30 de sábado, Jieni Shao junta-se aos quatro mesatenistas já qualificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que se realizam entre 23 de julho e 8 de agosto: Fu Yu, para o torneio individual feminino, e Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Monteiro para o torneio masculino por equipas, sendo dois destes atletas escolhidos para o torneio individual.

Se perder a meia-final diante de Jia Nan Yuan, a atleta dispõe ainda de uma terceira ronda de qualificação com 32 jogadoras, agendada para sábado e domingo, na qual também precisa de ser uma das finalistas para se apurar para Tóquio.

Após o triunfo sobre a búlgara Polina Trifonova nos oitavos de final, por 4-0 (11-6, 11-6, 11-8 e 11-7), a jogadora portuguesa impôs o ritmo do primeiro parcial contra Charlotte Carey, vencendo-o por 11-6, mas, no segundo, a britânica equilibrou as contas, igualando o encontro nas vantagens (12-10).

Jieni Shao venceu o terceiro parcial com conforto, sendo capaz de pancadas velozes e precisas, e o quarto, elevando a agressividade nas trocas de bola finais para virar o 10-9 favorável à adversária.

A britânica elevou o seu jogo nos momentos decisivos do quinto e do sexto parciais para fazer o 3-3 e levar o encontro à 'negra'.

No sétimo e último parcial, Charlotte Carey ditou o ritmo a que as bolas eram trocadas sobre a mesa e alargou a vantagem até aos 10-6, dispondo de quatro pontos de jogo que acabou por desperdiçar, antes de Shao Jieni fazer o 13-11 com alguma polémica à mistura, já que a britânica protestou o ponto que deu o 12-11 à portuguesa, e consumar a vitória.
Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis de Mesa

Notícias

Notícias Mais Vistas